A Fisioterapia Desportiva

Cada vez mais as pessoas procuram uma forma de saúde e bem estar através das atividades físicas e mentais.

A Fisioterapia Desportiva é uma das áreas de atuação do profissional fisioterapeuta na atualidade, o profissional inevitavelmente está sujeito a inúmeras e constantes pressões e cobranças em termos dos resultados de seu tratamento para um retorno funcional e no menor tempo possível, pois isso se faz necessário para o melhor desempenho do atleta à sua prática desportiva.

As situações esportivas expõem em suas técnicas e atividades ao mesmo tempo, condicionamento físico, sobrecargas posturais, forças excessivas e repetitividade.

A Fisioterapia Desportiva tem como sua principal função, trabalhar o atleta em um menor tempo, diferente de um paciente comum, o atleta precisa de uma resposta rápida para que possa voltar reabilitado e trazendo o melhor desempenho possível, trabalhando seu desenvolvimento com qualidade, treinamentos efetivos e ganho. Sempre melhorando o seu condicionamento, evitando assim possíveis contusões, e buscando a agilidade e desenvolvimento de sua capacidade a exigências estabelecidas pela atividade.

Fonte: www.clifisio.com/noticias/vermais/fisioterapia-e-esportes

 

A última década do século passado revela a aceleração das mudanças na prática esportiva. Consolida-se a idéia de esporte como direito de todos. Grupos até então pouco atendidos na questão da atividade física ganham mais atenção. Dois exemplos de tal transformação são a terceira idade e a pessoa portadora de deficiência.

O papel do Estado também se altera. Ele deixa de apenas tutelar as atividades esportivas. Passa a investir em recursos humanos e científicos. Além disso, no campo do alto rendimento, dá atenção especial às questões éticas, como o combate ao doping.

É essencial que os profissionais como fisioterapeutas, educadores físicos e demais profissionais da saúde envolvidos com atividades físicas tenham conhecimento dos fatores causais agravantes, para acessarem as ações preventivas ocorridas no esporte.
Dentre as lesões mais comuns estão às tendinites, lesões ligamentares, contusões e distensões, entorses, luxações e subluxações, fraturas e abrasões, bolhas e calos, e cortes em geral.

A fisioterapia esportiva no Brasil serve como referência para os demais países do mundo, apesar dos poucos recursos tecnológicos que dispomos no momento. Nota-se que cada vez mais, cresce o número de profissionais que se dedicam a essa área, por se tratar também do esporte mais tradicional e mais praticado no Brasil.

 

Fonte: www.facafisioterapia.net/2009/03/o-que-e-fisioterapia-esportiva.html

 

Renan Villa Verde

Fisioterapeuta – Shopfisio

CREFITO: 44835- LTF

Deixe uma resposta