A prática de Pilates também alivia o estresse do dia-a-dia!

Quem busca qualidade de vida sabe que uma das primeiras coisas que se tem a fazer é afastar o sedentarismo de sua rotina. É aí que muitas pessoas começam a se sentirem obrigadas por não gostarem de academias, ou por não terem muito tempo para se exercitar.

A boa notícia é que é possível cuidar do corpo (e mente) reservando apenas uma hora do dia, de duas a três vezes por semana. Essa é a frequência exigida, por exemplo, para a prática do Pilates, atividade que promove o trabalho das capacidades físicas como: equilíbrio, força, resistência e coordenação, além de melhorar a postura e relaxar o corpo de forma global.

Os benefícios obtidos quando se pratica Pilates não terminam por aí: além de deixar o corpo mais saudável e bonito, ajuda a combater o estresse. Além de mobilizar a coluna, iniciamos o trabalho sempre do centro para a periferia, o que ajuda na ativação nos músculos estabilizadores, que vão aliviar tensões musculares desnecessárias.

Qualquer pessoa pode fazer Pilates! O método respeita o grau de condicionamento físico do aluno e, por isso, é possível realizar modificações nos exercícios que podem adequar-se ao aluno iniciante, intermediário e avançado. Alguns médicos, inclusive, indicam o Pilates para crianças como forma de reeducação postural ou até mesmo como uma atividade que relaxa e melhora a concentração.

Benefícios contra o estresse estão:

Aumento da autoconfiança;

Ganho de consciência corporal;

Melhora da postura;

Alívio de tensões e dores;

Aprimoramento da coordenação e do equilíbrio;

Prevenção de lesões.

Mantenha a prática dos exercícios sempre, em média, no mesmo horário para não influenciar na resposta da temperatura corporal ou gasto energético, assim, evitando tensões, ansiedade ou estresse externo em época de alterações pessoais e/ou profissionais.

Procure treinar em local, com profissionais qualificados e com materiais apropriados para a prática, o que vai refletir num aumento da auto-estima e confiança. Ouvir músicas durante as aulas é uma opção onde ajudará o praticante tanto na concentração da execução dos exercícios quanto nas respostas psicológicas que estão envolvidas em qualquer atividade física que envolva coordenação motora como o Pilates, onde o equilíbrio é restabelecido, restaurando as conexões responsáveis pela sensação de segurança ao realizar as atividades do dia-dia.

Via Revista Pilates

Deixe uma resposta