Corridas de rua: Benefícios que vão além da saúde

E a prática deste exercício atinge os objetivos de diferentes faixas etárias, que costumam manter a regularidade.

Ao procurar uma atividade física que seja prazerosa e ao mesmo tempo represente muitos benefícios para a saúde, homens e mulheres estão escolhendo as corridas de rua. Considerado um esporte democrático, a prática também conquista espaço nas academias para aulas, com orientação dos professores, ao ar livre. Na rede de academias Fit Premium, de Curitiba, por exemplo, aproximadamente 20% dos alunos não praticam musculação e muitos já buscam as aulas de corrida de rua realizadas em alguns bairros da cidade.

Mas assim como em outras atividades é importante receber orientação de um profissional e passar por uma avaliação médica antes. “Faz três anos que coordeno aulas de corrida de rua, com treino duas vezes por semana. A frequência nas aulas não é problema e divido a turma em três níveis. Iniciante, médio e avançado, cada um tem o seu ritmo e distância a percorrer”, explica Marcos Piazza, professor da Fit.

E diante da dedicação dos alunos é comum que eles consigam superar distâncias com facilidade, o que leva a busca de novos desafios. Este é o caso do promotor de justiça, Guilherme Teixeira, que começou a correr em 2003 e depois de alcançar bom desempenho para as maratonas, decidiu participar das provas realizadas fora do país. “Já participei de maratonas em Buenos Aires, Disney, Berlim e Nova Iorque e o apoio do público nos outros países é um incentivo a mais”, comenta Teixeira. Depois que adquiriu o hábito, as viagens da família são agendadas em função do calendário de corridas. “Nossa próxima viagem será para Boston, em abril. Apesar de definir o destino de acordo com a data da maratona esta é uma ótima oportunidade para ficar com a família e conhecer lugares diferentes”, conta o promotor. Ele ainda destaca que fica aproximadamente três horas na maratona e que em muitos casos a esposa e os filhos aproveitam este tempo para fazer outras atividades e mesmo explorar o país no qual estão, enquanto ele está envolvido na paixão pelas corridas.

E a prática deste exercício atinge os objetivos de diferentes faixas etárias, que costumam manter a regularidade. “É impressionante, mas os alunos dessa turma não faltam um treino. Temos casais, famílias e adolescentes. Hoje, o integrante mais novo do grupo tem 17 anos e já tivemos uma aluna de 72 anos”, comenta Piazza. A variação nas técnicas e os estímulos diferenciados de treinos e terrenos garantem a melhora na performance e muitos benefícios para a saúde. “Entre os principais resultados é possível observar uma melhora da pressão arterial, do debito cardíaco, no controle do peso corporal, na produção de endorfina que vai trazer a sensação de bem estar e disposição para o dia a dia, além da prevenção de doenças e de uma boa oportunidade de exercitar a mente”, destaca o professor da Fit Premium.

Recomendações importantes

– A alimentação antes da atividade física é fundamental e o ideal é apostar em opções leves e ricas em nutrientes essenciais.

– Para a corrida de rua também é importante ficar atento à hidratação e providenciar a ingestão de líquidos antes, durante e após o exercício.

– Para quem escolhe a corrida pensando apenas nos benefícios para a saúde o ideal é praticar duas ou três vezes por semana, já para aqueles que desejam participar de competições e melhorar a performance o recomendado são cinco ou seis vezes.

– Independente do que motiva a escolha deste esporte é sempre bom variar os estímulos dos treinos, buscar um descanso e atividades complementares que ajudem no desenvolvimento da corrida, como musculação, alongamento, ioga e pilates.

Fonte: Fisioterapia.com

Deixe uma resposta