O que é Osteopatia?

A osteopatia, ainda muito recente no Brasil, é um tratamento baseado na estimulação manual dos tecidos (articulações, músculos, tendões, tecido nervoso, vascular e linfático) com técnicas específicas, incluindo massagens e outros exercícios.

Este tratamento consiste em tratar as disfunções e não os sintomas das doenças. Entende-se por disfunções o desequilíbrio ou o não funcionamento correto de determinada estrutura ou sistema. O tratamento não irá tratar apenas a melhora dos sintomas, mas irá agir diretamente nas causas.

A técnica é muito indicada para tratar problemas do sistema músculo-esquelético que causem dores, alterações de sensibilidade e limitações articulares.

O diferencial da osteopatia é a utilização apenas do tratamento manual, sem a utilização de medicamentos ou procedimentos cirúrgicos e com extrema eficácia.

Osteopatia_tratamento_terapia_manual
Osteopatia – estimulação manual dos tecidos

Apesar de a osteopatia ser considerada uma prática da medicina alternativa, é reconhecida pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito), podendo apenas ser exercida por fisioterapeutas formados e com cinco anos de pós-graduação específica na técnica.

O exame inicial para o tratamento realizado com a osteopatia deve ser bem detalhado para se descobrir o que está estruturalmente errado. Este exame é baseado em uma avaliação do paciente através de diversas perguntas sobre o histórico de disfunções e doenças, cirurgias, sinais e sintomas, e as relações entre eles, além do exame de palpação. Após esse procedimento, cada paciente será tratado de maneira específica.

Inicialmente o tratamento deve ocorrer uma vez a cada 7 ou 15 dias, podendo ficar mais espaçado com a melhoria do quadro clínico.

Para sua segurança procure sempre um profissional qualificado, somente assim poderá alcançar bons resultados.

Em nosso site você encontra materiais específicos para essa técnica, acesse e confira!

Deixe uma resposta