Saiba o que fazer para evitar ou tratar uma tendinite.

Com o avanço da tecnologia, problemas como a tendinite só vem aumentando, pois as pessoas passam muito tempo fazendo movimentos repetitivos e se esquecem de realizar exercícios para fortalecimento da musculatura.

A tendinite é caracterizada pela inflamação, lesão e pelo inchaço do tendão. O tendão é a estrutura fibrosa, densa e resistente, a qual prende o músculo ao osso.

As principais causas da tendinite podem ser esforço físico intenso ou repetitivo, traumas mecânicos, infecções, doenças reumatológicas, doenças do sistema imunológico, distúrbios metabólicos, processos degenerativos das articulações, neuropatias que induzam alterações musculares ou ainda pelo envelhecimento, pois o tendão vai perdendo a elasticidade.

Os locais mais afetados pela tendinite são o cotovelo, calcanhar, ombro e pulso.

Os sintomas da tendinite são dor, inchaço de intensidade variável, dificuldade de movimento e diminuição da força muscular.

Para evitar uma tendinite, sempre que for fazer alguma atividade que exija um esforço físico intenso ou que seja algo repetitivo, recomenda-se realizar um bom alongamento da musculatura. Mantenha a musculatura forte e flexível com exercícios próprios de fortalecimento.

A tendinite poderá ser tratada com antiinflamatórios (não esteróides), aplicação de injeções de esteróides e a fisioterapia, recorrendo ao uso da eletroterapia. Raramente é necessário recorrer a uma cirurgia.

Órtese para imobilização do punho
Órtese para imobilização do punho

Surgindo qualquer tipo de dor nessas regiões próximas ao tendão, procure um médico para um diagnóstico mais completo.

Acesse o Site e confira os produtos disponíveis para tratamento e prevenção da tendinite.

Deixe uma resposta