Técnica de Piscina Terapêutica – Watsu

Watsu® é trabalho corporal, na verdade, o primeiro trabalho corporal aquático. Pode ser usado tanto pelo público em geral, quanto para o crescimento pessoal, como por terapeutas; para tratamento de condições específicas.  Watsu trata-se de submeter a quem recebe à flutuação, relaxamento, conduzindo seus movimentos passivamente no ritmo da respiração. Suavemente alongam-se os músculos, dissociando as cinturas, liberando as regiões enrijecidas do corpo, trabalhando com muita delicadeza as estruturas corporais; manipulando suave, mas fortemente a coluna vertebral, sem provocar dor, normalizando o fluxo energético corporal dos meridianos assim como o fluxo de energia da coluna vertebral, tudo isto em uma sintonia perfeita entre quem recebe e quem doa em um alto nível de compaixão, associando posturas semelhantes ao Thai Chi Chuan com seus movimentos lentos, juntamente com a sabedoria e conceitos orientais do Shiatsu, respeitando os modernos fundamentos biomecânicos corporais ocidentais como os princípios físicos da água. Não necessariamente trabalham-se indivíduos acometidos de alguma patologia específica, pode-se atuar com o objetivo de melhorar a qualidade de vida em diversos níveis.
Watsu surgiu de experiências de Harold Dull nos anos 80, quando ensinava Zen Shiatsu em Harbin Hot Spring, no norte da Califórnia, EUA. Harold pode observar que, ao flutuar as pessoas em água morna, estas ficavam mais suscetíveis ao relaxamento potencializando o trabalho corporal que tem este princípio como tratamento. Harold, juntamente com diversos de seus alunos e colaboradores, desenvolveu movimentos e posturas que facilitavam a obtenção deste tipo de resultados terapêuticos, tornando-se assim um dos principais desenvolvedores da técnica.

Quem se beneficia com o Watsu:

– Portadores de distúrbios de coluna vertebral;
– Patologias ou distúrbios neurológicos adulto e pediátrico;
– Reabilitação de pós-cirúrgico ortopédico,
– Fibromialgia, uma doença que é causada pela ausência de endorfinas específicas, causando dor em diversos pontos do corpo;
– Reumatologia;
– Gestantes;
– Hiperatividade;
– Enxaqueca de fundo emocional e de enrijecimento muscular;
– Depressão;
– Stress e ansiedade
– Dependentes químicos, pois auxiliam na ansiedade provocada pela crise de abstinência;
– Distúrbios de ATM;
– Pneumopatas;
– Câncer
– Insônia provocada por tensão muscular;
– Casais com problemas de relacionamento;

Fonte: Aqua Brasil

Deixe uma resposta