Você conhece os tipos de peeling?

Se engana quem pensa que peeling é tudo a mesma coisa. O tratamento de reconstrução da pele pode ser feito por ácido, laser, ultrassom ou cristais.

Uma dessas opções é realizada pelo aparelho Dermotonus Esthetic equipamento que usa da tecnologia de cristais para retirar as células mortas da pele trazendo resultados na primeira sessão.

Podemos citar também o Peeling Ultrassônico que é realizado através do aparelho Sonopeel, onde o transdutor espátula ultrassônica converte a energia elétrica em energia mecânica (acústica) através do cristal piezo elétrico contido dentro do transdutor, gerando uma vibração leve que fará com que as impurezas da pele sejam eliminadas.

O Peeling a Laser ou Luz Pulsada é um pouco mais agressivo e  age diretamente na epiderme e derme reduzindo as manchas e vasos da pele, além de aumentar a produção de colágeno, o viço, textura e tônus da pele melhoram consideravelmente. O aparelho usado neste procedimento é o Lyra – Equipamento de Luz Intensa Pulsada.

espaço

Já os Peelings feitos com ácidos podem ser realizados com 3 diferentes tipos: Ácido Retinoico, Ácido Glicólico e Ácido Salicílico e esses são considerados peeling químicos.

  • Ácido retinoico: também é usado para combater estrias, pois promove uma descamação superficial na pele e constante, fazendo com que ela se renove estimulando a formação de colágeno com frequência, melhorando rapidamente a aparência da pele.
  • Ácido glicólico: além do rosto, também pode ser usado em mãos e pescoço. Tem a função de tornar a pele mais macia e atenuar as rugas, bem como em melhorar manchas adquiridas pelo sol e acne.
  • Ácido salicílico: atua no clareamento da pele, além reduzir a quantidade de rugas na face e tratar comedões. Utiliza-se uma solução alcoólica seguida de neutralização com água. O procedimento pode ser repetido entre 2 e 4 semanas e costuma gerar uma descamação a partir do 4º dia pós-procedimento e se prolongar até o décimo dia.

espaço

Estes tipos de peeling não necessitam de aparelhos para serem realizados, sendo assim, a aplicação, feita com espátulas ou pincéis.

espaço

Contra Indicações

  1. Gravidez
  2. Estresse
  3. Escoriações neuróticas
  4. Uso de isotretinoína para peelings médio e profundo
  5. Cicatrização deficiente
  6. Formação de queloides
  7. Histórico de hiperpigmentação pós-inflamatória permanente

espaço

Alguns cuidados após a aplicação do peeling devem ser levados em consideração. Por exemplo evite usar maquiagem, pois pode causar fortes reações alérgicas, a não ser que essas sejam hipoalergênicas. Para evitar que as manchas, acne ou outros problemas voltem a aparecer novamente após um tempo da realização do procedimento, é importante ter mais cuidado com a pele, equilibrando a alimentação, utilizando protetor solar diariamente, realizando limpeza profunda de pele constantemente e higienizando a pele, retirando todo o resquício de maquiagem e impurezas ao final do dia e hidratando a pele.

espaço

Entre em nosso site e conheça todos os nossos produtos!

Deixe uma resposta