Carboxiterapia: entenda como funciona esse tratamento


A carboxiterapia é um tratamento eficiente para emagrecimento e outros problemas estéticos da pele, flacidez, estrias, gordura localizada, olheiras e celulite.


Você já ouviu falar em carboxiterapia?

Hoje, é um dos procedimentos mais queridinhos da área da estética.

Você quer saber o porquê?

Então, neste texto, você saberá tudo sobre a carboxiterapia: o que é, como funciona, quem pode aplicar e as indicações. Entenda também os riscos da técnica e a eficiência do tratamento na estética avançada.

Quer saber mais? Descubra tudo aqui!

O que é carboxiterapia? 

A carboxiterapia é um tratamento estético utilizando gás carbônico medicinal (CO2 puro). A técnica foi criada no século XVIII, naquela época o CO2 era utilizado para regenerar tecidos como, por exemplo: cicatrizes de pele. Também foi observado inicialmente a melhora na circulação sanguínea no local das aplicações do CO2.

A carboxiterapia também é conhecida como CO2terapia, a técnica é realizada com o aparelho de carboxiterapia ligado ao cilindro de CO2. O CO2terapia começou na França em 1932 e se espalhou na Europa na década de 50. As aplicações iniciais de CO2 tratavam: úlceras, insuficiência venosa, arteriopatias, psoríase e entre outras. Era uma técnica de reabilitação inicialmente.

carboxiterapia - carboxiterapia aplicação

Na estética a carboxiterapia apareceu em 2001 na revista Aesthetic Plastic Surgery, nesse momento foi comprovado cientificamente que a CO2terapia quebrava a gordura através de receptores beta adrenérgicos.

Em 2016, a carboxiterapia ganhou o mercado de estética brasileira. A técnica concorre com outras terapias para emagrecimento, estrias, gordura localizada e celulite. Mas existem outras aplicações da carboxiterapia na dermatologia e na estética, vamos te falar todas.

Como funciona a carboxiterapia? 

A carboxiterapia administra anidro carbônico medicinal (CO2 puro) nas camadas subdérmicas e intradérmicas da pele para fins terapêuticos. O CO2 é um gás inodoro e incolor que trata inúmeros incômodos estéticos.

O tratamento consiste na aplicação de injeções na pele elimina células de gordura e dá sustentação a pele. Deixei aqui um dos estudos mais recentes sobre aplicação da carboxiterapia: ver estudo.

O tratamento produz efeitos fisiológicos positivos na pele, como:

  • Estimulação dos fibroblastos
  • Aumento da produção do colágeno
  • Controle da inflamação
  • Rompimento de adipócitos
  • Estimulação da lipase
  • Produz vasodilatação

Quem pode realizar? 

A carboxiterapia é realizada em incômodos estéticos como: flacidez, estrias, gordura localizada, olheiras e celulite.

Além de:

  • Rejuvenescimento
  • Estrias
  • Flacidez corporal e facial
  • Pós cirúrgico de plásticas
  • Pré e pós lipoaspiração
  • Gordura localizada na face e corpo
  • Olheiras escuras
  • Alopécia (Queda de cabelo)
  • Emagrecimento

Entretanto, o profissional deve avaliar o paciente antes do tratamento, pois existem contraindicações da carboxiterapia.

Para que serve a carboxiterapia?

A carboxiterapia pode ser usada para diversos tratamentos. Veja agora como ela atua nos principais:

Carboxiterapia para estrias

É útil usar a carboxiterapia para tratar estrias, já que ajuda na melhora da circulação. Assim, é possível atuar na regeneração da pele. Vale tanto para estrias brancas quanto para as vermelhas e roxas.

Carboxiterapia para gordura localizada

Ao proporcionar uma lesão nas células de gordura, é possível retirá-las e melhorar a circulação do local. Com isso, os pacientes podem ter um resultado satisfatório.

Carboxiterapia para celulite

A região dos glúteos e das coxas é a que mais sofre com a celulite, não é mesmo?

Nesse caso, a carboxiterapia ajuda na eliminação dessas células de gordura, deixando a pele mais lisa e com aparência mais firme.

Carboxiterapia para olheiras

Você sofre com olheiras?

Com a aplicação do dióxido de carbono, você terá melhor oxigenação, diminuindo as manchas e a flacidez da pele.

Carboxiterapia para flacidez

Bom, já que estamos falando em flacidez, a carboxiterapia é indicada por estimular novas fibras de colágeno. São elas as principais responsáveis pela aparência lisa aos tecidos. Também dão sustentação.

Carboxiterapia para queda de cabelo

Com aplicação direta no local do couro cabeludo, a carboxiterapia é útil para crescimento capilar (tanto dos que já existem quanto dos novos).

Quais são as contraindicações?

A técnica de carboxiterapia é segura e produz poucos efeitos colaterais, entretanto algumas pessoas são contraindicadas:

  • Insuficiência renal e hepática
  • Epilepsia
  • Flebite
  • Gangrena
  • Hipertensão descompensada
  • Gravidez
  • Fobia de agulhas
  • Lúpus
  • Rosácea
  • Problemas psicológicos
  • Diabéticos
  • Lúpus
  • Paciente imunodeprimidos
  • Doenças relacionadas ao colágeno
  • Distúrbios hemorrágicos (hemofilia)
  • Herpes ativa
  • Doença pulmonar

Quais profissionais podem aplicar carboxiterapia?

Todos os profissionais da saúde nível 2 podem aplicar, isso inclui esteticistas, cosmetólogos, fisioterapeutas, técnicos em estética que possuem treinamento no equipamento de carbox.

Entretanto, os profissionais com pós graduação em estética ou dermatofuncional aplicam, eles são: médicos, biomédicos, farmacêuticos e fisioterapeutas. 

Quais são as principais vantagens?

Esse procedimento é seguro quando realizado por profissionais devidamente certificados e com o aparelho calibrado. As principais vantagens são:

  • Procedimento seguro e regulamentado pela ANVISA
  • Existem evidências científicas sobre o tratamento
  • A aplicação é fácil
  • Baixo custo operacional do aparelho

A carborxiterapia é uma das técnicas para emagrecimento na estética e dermatofuncional que realmente dão resultados. Existe a diminuição de medidas efetiva!

carboxiterapia emagrece

Além do profissional de saúde trabalhar com um tratamento eficiente, outra vantagem é o retorno financeiro. Os profissionais que investem em um equipamento como Ares Ibramed, um dos melhores para carboxiterapia, recuperam o investimento em até 1 mês*.

Ver carboxiterapia na Shop

Por que a carboxiterapia é tão eficiente?

O CO2 que é utilizado, no procedimento, é conhecido como um vasodilador muito potente. Com isso, ele proporciona maior oferta de oxigênio para os tecidos.

Além disso, com a distensão do tecido, há aumento de colágeno e renovação do tecido.

Carboxiterapia emagrece?

Quem alia a carboxiterapia a outros tratamentos e uma vida saudável, vê respostas muito satisfatórias quanto ao emagrecimento e redução de medidas.

A carboxiterapia é mesmo útil em caso de celulites: o que diz a ciência?

Embora não haja consenso na comunidade acadêmica, há estudos que demonstram a validade do procedimento.

Em seus estudos, Isabela Vasquez Rodrigues, mostrou que a carboxiterapia é um método “promissor nos sinais clínicos e físicos” da celulite.

Resultados parecidos já tinham sido apresentados em 2008 na revista “Fisioterapia Ser”. A conclusão do estudo foi de que a carboxiterapia teve “efeitos positivos no seu tratamento”.

Por fim, Flávia Carvalho e Dayanna Mejia também concluíram que a carboxiterapia “obtém respostas positivas no aspecto estético da pele, bem como a saúde cutânea”.

A carboxi é útil para queda capilar?

A estratégia é tão versátil que o tratamento é eficiente mesmo para problemas capilares, como a queda de cabelo.

Quando se aplica gás carbônico no couro cabeludo, há dilatação dos vasos sanguíneos, fazendo com exista maior circução do sangue na região.

O efeito esperado é uma diminuição drástica da queda capilar, além do crescimento mais rápido. Se você achou pouco, também é tratamento adequado para outros problemas, como seborreias e caspas.

Resultados: como é o antes e o depois da carboxiterapia?

Como acontece antes dos principais procedimentos, é indicado que a pessoa conheça o máximo possível dos resultados que outras pessoas tiveram.

Por isso, separamos alguns depoimentos e resultados que outras pessoas tiveram, com o antes e o depois delas. Confira!

Carboxiterapia para celulites e estrias

Carboxiterapia para costas

Quer saber quais são os resultados que a carboxiterapia pode proporcionar para as costas? Confira neste vídeo como é o antes e o depois:

Carboxiterapia para olheiras

Nesse caso, é utilizado para flacidez de pele, bem como em depressão do canal lacrimal. Ou seja, a olheira profunda. Com a carboxiterapia, é possível promover uma vasodilatação. É recomendado o tratamento 1 vez por semana por 7 dias.

Aprenda mais neste vídeo:

Carboxiterapia capilar

A carboxiterapia é um excelente tratamento para a queda de cabelo. Isso acontece pela ação de vasodilatação, assim aumenta a chegada de nutrientes para a área que será tratada.

Além disso, há eliminação de toxinas, o que é fundamental para o crescimento saudável do cabelo. É útil principalmente no caso de alopecia areata e difusa.

Os efeitos da carboxiterapia estimulam o folículo piloso. Dessa maneira, a um crescimento mais saudável e um fio mais grosso.

Quantas vezes por semana é indicada? 

O intervalo depende do efeito fisiológico esperado pode ser com intervalo de 2 vezes por semana para tratamento de gordura e celulite. E pode ser com intervalo de 10 a 15 dias para tratamento de rejuvenescimento e flacidez.

Para procedimentos que exigem a estimulação do colágeno e das fibras de elastina os intervalos são maiores. Exemplos: estrias, flacidez da pele, olheiras e rejuvenescimento em geral.

Qual o valor médio das sessões? 

O valor médio da sessão de carboxiterapia é de R$ 150,00. O valor da sessão depende muito do profissional que aplica, tecnologia do aparelho e região tratada.

Alguns profissionais optam por vender pacotes das sessões de carborxiterapia e fecham o tratamento completo com 10 sessões. Por isso, o preço médio da sessão pode ficar mais barato em pacotes estéticos.

Quais são os riscos da carboxiterapia? É perigoso? 

O procedimento é perigoso para pacientes contraindicados, por isso é importante que antes do procedimento o paciente passe por avaliação dermatológica ou médica.

O próprio profissional da saúde que aplica a carboxiterapia tem a obrigação de orientar o paciente sobre as contraindicações da técnica. 

Por isso, realize o procedimento somente com profissionais de confiança e certificados em carboxiterapia. A técnica do profissional junto com um aparelho de alta tecnologia faz toda a diferença no resultado do seu tratamento e na sua segurança.

A técnica carboxi aumenta a pressão arterial?

Se você tem medo que a carboxiterapia eleve a pressão, pode ficar tranquilo. Apenas quem está no grupo de contraindicação não deve fazer o tratamento.

A Anvisa proibiu a carboxiterapia?

Não, a técnica é autorizada pela Anvisa. Todas os aparelhos de carboxiterapia devem ter o certificado da Anvisa e a Clínica deve ter alvará de funcionamento para procedimentos estéticos. 

Infelizmente o que acontece no mercado de estética é que alguns profissionais e clínicas não licenciadas realizam as sessões de carboxiterapia sem o consentimento da ANVISA.

O conselho de Fisioterapia adverte a carboxiterapia como técnica de risco, por isso os profissionais de fisioterapia que aplicam carbox geralmente são especializados em dermatofuncional.

Procure informar se o aparelho utilizado na carboxiterapia tem registro na ANVISA e se o profissional que aplicará tem o certificado técnico. Isso garantirá a segurança do tratamento sob as normas da ANVISA.  

*Ares IbramedAtenção o valor calculado de R$ 26.400 mil por mês com equipamento de carboxiterapia Ares Ibramed é estabelecido se o profissional fizer 8 sessões por dia durante 22 dias no mês, com o preço de 150 reais por sessão.

Você já trabalha com carboxiterapia? Conte para a gente um pouco da sua experiência e quais são as suas sensações. Adoramos ouvir histórias!

Quer saber mais?

Se você deseja aprofundar seus estudos em carboxiterapia, comece por esses artigos científicos e livros: