Cicatriz: o que é, como acontece a recuperação e cuidados

Você sabe como uma lesão é reparada? Isso acontece através de uma cicatriz.

Abaixo explicamos o processo de cicatrização tecidual na pele.

Esperamos que você tenha uma boa leitura e entenda tudo sobre cicatriz.

O que são cicatrizes?

Cicatrizes são regenerações da pele após machucados, doenças e cirurgia. Uma cicatriz faz parte do processo de cura do corpo. No início do processo cicatricial é comum a cor vermelha, mas tudo dependerá da superfície da pele do paciente. Com o tempo a cicatriz vai se aproximando da cor natural da pele.

Por que uma cicatriz se forma?

A cicatriz acontece quando o corpo precisa de reparo, de modo que sempre que organismo precisa se reconstruir após uma lesão interna ou externa, o processo de cicatrização acontecerá em 3 fases.

A cicatrização é natural do corpo humano, a reparação epitelial acontece quando a pele é ferida, os dermatologistas explicam que quando o tecido epitelial é danificado novas células de colágeno geram um ciclo novo de colágeno.

A última etapa da regeneração tecidual pode levar anos para ser concluída, mas tudo depende da ferida.

Como é o processo de cicatrização?

O processo de reparação tecidual é composto por 3 fases: inflamatória, proliferativa e reparo.

Abaixo explicamos as 3 fases do processo de cicatrização.

Inflamação

Esse processo dura de 48 a 72 horas. Nesse momento as células brancas, os anticorpos fazem a defesa do corpo para preparar a ferida. O local da lesão receberá uma nova cobertura de colágeno, mas para isso precisa ocorrer uma limpeza feita pelos macrófagos nessa região.

Proliferativa

Essa fase começa de 4 a 12 dias após a lesão, mas pode durar até 14 dias dependendo da pessoa. Nesse momento as células de reparação tecidual e vasos sanguíneos formam uma operação para recuperar a barreira protetora da pele.

Todos os estragos que foram feitos com a lesão tecidual são restruturados na epiderme em até 4 dias.

Reparo

Reparo acontece no dia 21, mas pode durar meses, essa frase é quando a maturação das fibras de colágeno acontecerá. Inicialmente o alinhamento das fibras estará desorganizado e o colágeno depositado não é definitivo.

Entretanto, com o tempo esse tom das cicatrizes sairá de vermelho escuro para rosa claro.

Deixamos um vídeo explicando as 3 fases, na verdade é uma aula de fisiologia para você aprender tudo sobre cicatrizes.

Explicação completa sobre o processo de cicatrização

Quais são os tipos de cicatrizes?

  • Cicatriz Atróficas
  • Cicatriz Retraída
  • Cicatriz Hipertrófica
  • Queloidiana
  • Cicatriz Normotróficas

O que provoca a má cicatrização?

Existem vários fatores que influenciam a má cicatrização diretamente, como:

  • Medicamentos
  • Doenças crônicas, como: hipertensão, diabetes etc.
  • Idade
  • Genética
  • Estado nutricional

Quais são os melhores cuidados para uma boa cicatrização?

Existem dicas de ouro para um processo cicatricial bom, como exemplo:

  • Não coçar: quando você coça agride a pele e piora o aspecto da cicatriz, além disso, você pode interromper o processo natural da cicatrização, a sensação de coceira é normal, mas não coce, ok?
  • Não tome sol: se for sair no sol passe filtro solar, tomar sol pode conferir um tom mais escuro para suas cicatrizes ou desuniforme.
  • Use pomadas cicatrizantes indicadas pelo médico, as pomadas ajudam a evitar complicações.
  • Hidrate a pele: a hidratação é uma das melhores formas de combater a coceira e aliviar qualquer ressecamento da pele.

Fora esses cuidados diários existem aparelhos que ajudam na cicatrização, como por exemplo o Laserpulse. O Laser terapêutico de baixa intensidade estimula a cicatrização tecidual e ajuda feridas que não fecham, como por exemplo: úlceras de pressão.

Qual a diferença entre cicatriz e queloide?

Cicatriz é quando a pele não ultrapassa a margem cicatricial, já o queloide é quando a cicatriz inicial ultrapassa a margem e começa a produzir excessivamente o colágeno, um queloide é uma interferência que na maioria dos casos precisa de correção cirúrgica.

Toda cicatriz vira queloide?

Não, nem toda cicatriz vira queloide. Porém, a incidência é maior em pessoas com pigmentação escura. No entanto, algumas pessoas desenvolvem queloides espontâneos que podem acontecer em qualquer lugar do corpo, até mesmo após colocar um brinco.

Como evitar a queloide?

Não, existe uma forma de evitar o queloide, mas pessoas que possuem tendência podem tomar medicação para reduzir a síntese de fibroblasto e evitar que a cicatriz extrapole a linha de formação normal.

Para evitar queloides lembre-se do seu histórico familiar, se alguma pessoa da família teve queloide após cortes, procedimentos cirúrgicos e feridas, previna-se.

Com base no seu histórico você pode tentar minimizar o queloide procurando a orientação de um dermatologista, fisioterapeuta ou esteticista.

Quais são os principais mitos sobre cicatrizes?

Laser são melhores para reduzir cicatrizesVerdade
Algumas regiões cicatrizam mais rápidoVerdade
As cores das cicatrizes são iguaisMito, pode ser mais claras, escuras e variam de acordo com local, corte e plano da pele
Cicatriz não desapareceVerdade
Não pode fazer tatuagem sobre a cicatrizesMito, pode ser realizada tatuagem sobre a cicatriz para disfarçar
Mel e cebola aceleram a cicatrizaçãoMito, mel e cebola não são capazes de estimular o colágeno
A Etnia da pessoa influencia na forma da cicatrizVerdade
Hidratação ajuda na cicatrizaçãoVerdade

Como tratar as cicatrizes e queloides?

Todos os procedimentos abaixo estimulam a produção de colágeno, temos tratamentos térmicos e mecânicos.

Confira:

Peeling

O peeling químico consegue remover as células mortas da pele e da camada superior, depois estimula a produção do colágeno.

Microagulhamento

O microagulhamento realiza microfuros na pele com pequenas agulhas para estimular mecanicamente as células de colágeno. Essa técnica pode ser realizada com dermaroller ou Dermapen. Ambos conseguem induzir a produção de colágeno, no entanto, o dermapen é automático e ajusta as microagulhas de acordo com a espessura da pele.

Preenchimento com ácido hialurônico

O ácido hialurônico é utilizado pelo médico dermatologista quando as cicatrizes ficam deprimidas, essa é uma forma de deixar a pele mais uniforme.

Dermoabrasão

É um procedimento não invasivo para rejuvenescimento da pele, principalmente para face, como: flacidez, linhas de expressão e rugas. Esse tratamento garante mais firmeza para pele.  

Laser de CO2

É um dos melhores tratamentos da estética para cicatrizes, o CO2 consegue renovar a pele envelhecida com microfeixes de luz, as células atingidas pelo raio laser são aquecidas e renovadas. Sendo que o calor é um dos melhores estímulos para produção do colágeno.

Ultrassom microfocado

O ultrassom microfocado é indicado para atingir regiões mais profundas da pele, os micropontos provocados por esse ultrassom estimulação a produção de colágeno e elástica por um tempo prologando, sendo que é recomendado apenas 1 sessão do microfocado.

Gostou desse conteúdo sobre cicatriz?

Se tiver alguma dúvida deixe um comentário.