A cinesioterapia é a terapia do movimento e se dedica à prevenção e à recuperação de lesões osteoraticulares e musculoesqueléticas. 

Lesões nos músculos, tendões, ligamentos e cartilagens articulares são casos comuns nas clínicas de fisioterapia. As patologias, quando não tratadas corretamente, sobrecarregam outros membros e geram ainda mais problemas.

A limitação física, por sua vez, impede que rotinas simples (tais como andar e dirigir) sejam mantidas e comprometem diretamente o bem-estar das pessoas. Para tratar as desordens, restabelecer a qualidade de vida e inclusive agir preventivamente, a cinesioterapia é uma excelente alternativa!

Quer saber mais sobre a cinesioterapia? Então, venha com a gente!

O que é a cinesioterapia?

A cinesioterapia é conhecida como a terapia do movimento. Ao considerar a dinâmica natural do corpo para tratar patologias osteoarticulares e musculoesqueléticas, a técnica tem se mostrado bastante efetiva para restaurar o movimento natural e o equilíbrio corporal.

Cinesioterapia

Seja para reparar traumas, para corrigir disfunções ou para prevenir a evolução de condições prejudiciais à saúde, a cinesioterapia dispões de uma série de técnicas para relaxar, eliminar toxinas, tonificar e tratar as lesões musculoesqueléticas.

Como surgiu a cinesioterapia?

Ainda no período das pricnipais guerras do século passado, a cinesioterapia surgiu como uma possibilidade de reabilitação e tratamento para os profissionais lesados ou multilados.

Essas pessoas precisam ter o mínimo de condições para voltar à sociedade e ter atividades sociais produtivas. E já naquele tempo, encontraram na cinesioterapia uma solução para esses desafios.

Quais são os benefícios da cinesioterapia?

Com a cinesioterapia, é possível:

  • Aumentar a força muscular;
  • Aumentar a coordenação motora, além da flexibilidade e mobilidade;
  • Melhorar o sistema cardiopulmonar;
  • Melhorar a postura esquelética;
  • Promover o equilíbrio;
  • Promover o treino de marcha/caminhada.

Para quem é indicada a cinesioterapia?

Os exercícios de cinesioterapia é indicado após que a dor e a inflamação do paciente tenha acontecido.

Para começar, exercícios mais leves são realizados, como isometria (sem movimento das articulações), além de alongamentos. Depois disso, equipamentos como fitas elásticas, bolas e halteres.

Quais são as contraindicações da cinesioterapia?

A cinesioterapia não é indicada para quem:

  • tem dor intensa;
  • passa por processo inflamatório muito agudo;
  • tem problemas sistêmicos, como: labirintite; cardiopatia; infecções e hipertensão arterial.

Qual o papel do fisioterapeuta na cinesioterapia?

O fisioterapeuta é responsável pela aplicação das técnicas de terapia por movimento, procurando sempre reverter o quadro do paciente nas articulações ou músculos.

Vale lembrar, entretanto, que as técnicas podem ser aplicadas também para prevenir lesões e na correção postural.

Antes que um tratamento de cinesioterapia comece, é fundamental ter um encaminhamento médico. Assim, o fisioterapeuta terá total ciência de cada passo que deve ser dado, bem como o que se espera do tratamento.

O que diz a ciência sobre a cinesioterapia?

A revista Fisioterapia e Movimento publicou que:

os exercícios cinesioterapêuticos podem ser aplicados em grupos de pacientes portadoras da patologia, inclusive em Unidades Básicas
de Saúde (UBSs), promovendo melhor qualidade de vida para as pacientes e tendo baixo custo financeiro em sua aplicação.

Além disso, a Revista de Neurociências mostrou que:

“um programa de cinesioterapia, é capaz de melhorar o equilíbrio em idosos contribuindo para a prevenção de quedas”.

Por fim, em outro estudo Valério; Carvalho e Silva concluíram que:

os benefícios do exercício da musculatura pélvica estão visivelmente na melhora do desempenho da
continência urinária além de preservar a saúde da bexiga.

Qual o número de repetições adequado?

O número necessário de repetições de exercícios para cada usuário dependerá do estado de saúde de cada participante.

Via de regra, entretanto, maior repetição é indicado para exercícios sem carga (ou quando é muito leve). Por outro lado, um número menor de repetições está ligado ao uso de maior peso.

É comum realizar 3 séries, descansando entre 30 segundos a 1 minuto entre cada uma.

Qual é o total de exercícios indicados?

O total varia de acordo com a necessidade da pessoa, bem como a limitação que ela apresenta. Idosos, por exemplo, realizam em torno de 10 exercícios por sessão.

Jovens, por outro lado, conseguem realizar conjuntos de até 20 exercícios distintos.

Quais são os tipos de cinesioterapia?

Cinesioterapia motora

A cinesioterapia motora é indicada para diversas ocasiões, como:

  • artrose;
  • artrite;
  • espondilite;
  • tendinite.

Mesmo pessoas que estão acamadas podem realizar os exercícios. Com isso, a força muscular é preservada, bem como a amplitude das articulações.

Cinesioterapia postural

É indicada para melhorar a postura corporal. Assim, contribui para reduzir a dor no pescoço e nas costas. Com exercícios específicos, é possível fortalecer músculos das costas e do abdômen, fazendo com que músculos encurtados sejam alongados.

Cinesioterapia respiratória

Costuma ser indicada para estimulação da inspiração máxima e expiração forçada. Os exercícios podems er realizados em pé, sentado ou deitado.

Em alguns casos, pode-se usar equipamentos para auxiliar os músculos da respiração. Até mesmo medicamentos são usados, dependendo do caso, com indicação médica, para que melhores resultados sejam alcançados.

Cinesioterapia laboral

Essa classe de exercícios é usada para alongar os músculos dos colaboradores que são mais utilizados nas atividades laborais. Para isso, os exercícios podem ser realizados todos os dias por apenas 10 minutos.

Qual a diferença entre movimentos ativos e movimentos passivos?

O tratamento adequado da anomalia começa na identificação do problema ou da circunstância, favorecendo a criação de um plano de ação — que é personalizado para cada paciente.

A partir disso, o fisioterapeuta pode optar por priorizar movimentos ativos ou passivos durante o protocolo, potencializando os resultados do indivíduo.

Movimento ativos

São os voluntariamente reproduzidos pelo paciente, sem que a assistência do profissional seja essencial. Os movimentos ativos são principalmente recomendados quando a pessoa já possui segurança na execução e amplitude de contrações.

  • Trabalham a capacidade de extensão dos movimentos;
  • Aumentam a flexibilidade;
  • Aprimoram a coordenação motora;
  • Desenvolvem a resistência e a força muscular;
  • Maximizam o desempenho do sistema circulatório e motor.

Movimentos passivos

São aqueles que requerem o auxilio do terapeuta durante a execução. São indicados quando a musculatura do paciente é frágil e não há segurança na execução. Casos de pós-operatório ou de inflamações locais sugerem esse tipo de movimentação.

  • Melhoram a circulação;
  • Resguardam as articulações;
  • Estimulam e condicionam tecidos moles;
  • Aguçam a noção do movimento.

Quais são as principais indicações da cinesioterapia?

Na prática, qualquer desordem de movimento com origem musculoesquelética pode ser tratada com cinesioterapia. A técnica é excelente para reduzir dores musculares (inclusive eliminando toxinas que reforçar a sensação de desconforto), reajustar a musculatura e corrigir problemas de postura.

Dentre as principais causas de encaminhamento à terapia, estão:

  • As lesões em ligamentos, tendões e músculos;
  • Os bloqueios articulares;
  • A perda funcional dos movimentos;
  • A hipotrofia muscular.
cinesioterapia fisioterapia

Os exercícios são perfeitos para proporcionar mais autonomia e satisfação a pacientes antes debilitados. Afinal, a confiança para executar movimentos corriqueiros é altamente benéfica para o bem-estar dos indivíduos!

Quais são os melhores exercícios em cinesioterapia?

No vídeo abaixo, a Mestre em fisioterapia Kelly Xavier Maggi mostra um pouco sobre os principais exercícios que podem ser praticados. Confira!

Quais são os melhores acessórios para a cinesioterapia?

Para resultados mais consistentes, rápidos e duradouros, os acessórios de fisioterapia são grandes aliados. Na cinesioterapia não é diferente: confira uma seleção dos produtos mais utilizados no tratamento!

Barra paralela

A barra paralela é muito versátil e pode ser útil a diversos procedimentos de fisioterapia e reabilitação. Dentre as inúmeras terapias possíveis, é válido destacar:

  • o treino de marcha, que objetiva recuperar a força e o equilíbrio do paciente;
  • os exercícios de coordenação, que geralmente tratam sequelas de AVC ou traumatismos cerebrais;
  • as práticas de condicionamento geral, que podem beneficiar pacientes debilitados que passaram por repousos prolongados, por exemplo.

 

Exercitador de mãos e dedos

Para recuperar lesões de mãos e dedos — inclusive problemas decorrentes de esforços repetitivos (LER), geralmente associados ao trabalho, o exercitador é um excelente recurso para fisioterapia e terapia ocupacional. A depender do diagnóstico e da fase do tratamento, diferentes níveis de intensidade podem ser utilizados em movimentos como:

  • supinação (torcer o punho para fora) e pronação (torcer o punho para dentro);
  • flexão e extensão de punho;
  • desvio radial (no sentido polegar) e ulnar do punho (no sentido do dedo mínimo);
  • pinçamento;
  • flexão, extensão, abdução e adução do polegar e dos demais dedos.

Balancim

O balancim é um ótimo acessório para treinos de recuperação, principalmente ligados ao reestabelecimento gradual do equilíbrio. Além disso, a plataforma central fixada por correntes zincadas proporciona mais segurança ao usuário e é bastante versátil para objetivos de:

  • propriocepção;
  • equilíbrio bipodal e unipodal;
  • descarga de peso
  • fortalecimento da musculatura de membros inferiores;
  • reabilitação neurológica.

Viu, só? A cinesioterapia é muito útil e utilizada, sejam por jovens, sejam por idosos.

A Shopfisio tem tudo o que você precisa para equipar sua clínica e potencializar seus tratamentos de cinesioterapia. Para ajudar você nisso, faça suas compras com o cupom 30BLOG e ganhe 30 reais de desconto.

CUPOM SHOPFISIO


Comentários