Sim, o clareamento anal virou uma tendência nos procedimentos estéticos.

Não é por ser uma área íntima que você vai se descuidar dela, não é mesmo?

Por isso, neste texto, nós entenderemos por que as pessoas querem fazer o procedimento, como ele funciona e quais as opções você têm.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, venha com a gente. Boa leitura!

Por que a área anal fica escura?

O escurecimento das áreas íntimas (tanto nas virilhas como nas regiões genitais) acontecem por vários motivos. Para tristeza geral, a tendência é que o problema aumente, caso os problemas não sejam tratados.

As principais causas do escurecimento são:

  • Hereditariedade
  • Excesso de atrito com roupas
  • Depilação com lâminas e ceras
  • Inflamações e alergias;
  • Alterações hormonais
  • Gestações
  • Obesidade
  • Diabetes

Por que realizar clareamento íntimo?

Embora o procedimento seja apenas estético, ele permite que as pessoas fiquem mais confiantes em si mesmas, melhorando a autoestima delas.

Como funciona o clareamento anal com peeling?

O clareamento anal é um processo em que produtos químicos são aplicados na região do ânus, com o objetivo de obter uma pigmentação mais natural. Por isso, o procedimento é puramente estético. As substâncias que normalmente são empregadas são o ácido kójico e a hidroquinona.

O clareamento anal funciona em 5 passos que são realizados de maneira cuidadosa, mas sem deixar a eficiência de lado. Inicialmente, é utilizado o peeling químico e, depois, uma máscara.

Como funciona o clareamento com laser?

O Laser também pode ser usado nas áreas íntimas (virilhas e região perianal) para combater o escurecimento do tecido.

O principal benefício do Laser é remover as camadas mais superficiais da pele, além de estimular a renovação das células e a produção de colágeno.

Qual resultado esperado?

Como resultado, a paciente verá uma melhora significativa na textura e na cor da pele, além de ver menos flacidez no local.

Qual número de sessões recomendadas?

No caso do Laser, recomenda-se entre 1 e 4 sessões.

Qual a vantagem do laser sobre o peeling?

O Laser permite que mulheres alérgicas a produtos químicos também possam realizar o tratamento.

Quais são as contraindicações?

Embora sejam poucas as pessoas que não podem realizar o procedimento, devem se afastar quem:

  • Possui doença de pele no local do tratamento
  • Tem histórico de herpes genital
  • Infecção ativa de HPV
  • Gestantes
  • Tem marcapasso (exclusivo para o Laser)
  • Alergias conhecidas às substâncias químicas de peeling (exclusivo para o peeling).

Quem procura mais pelo clareamento anal?

Na maior parte dos casos, quem procura mais pelo tratamento são pessoas que já passaram dos 30 anos. Em alguns dos casos, elas já estão na menopausa.

O clareamento anal funciona?

O resultado do clareamento depende da pigmentação natural da pessoa. Normalmente, essa área já é mais escura. Então, o procedimento não tem resultado permanente.

O clareamento íntimo é seguro?

Se a pessoa sentir qualquer tipo de desconforto (como sensações de queimação ou formigamento), o tratamento deve ser interrompido imediatamente.

Quanto tempo leva para ver os resultados?

Embora seja possível ver resultados já na primeira sessão, os profissionais sugerem que sejam realizadas de 3 e 4 sessões para que os resultados sejam otimizados.

Quanto tempo dura os resultados?

Os resultados duram, normalmente, até 6 meses. Para obter melhores resultados, pode ser recomendada uma pomada no local durante as sessões.

Como ficam as relações sexuais?

A recomendação é de se abster do sexo logo depois que o procedimento tenha sido realizado. Além disso, deve-se evitar banheiras e saunas nos 3 dias depois do peeling. Após esse período, todas as atividades estão liberadas. É claro, se você não sentir nenhum desconforto.

Como evitar o escurecimento das regiões íntimas?

Se você já realizou o procedimento ou deseja evitar que o processo se acentue, é ideal evitar:

  • Roupas apertadas e sintéticas (use mais algodão)
  • Excesso de peso
  • Alimentação ruim (que pode causar diabetes)
  • Depilação com cera ou lâmina

Agora, que você já sabe sobre o clareamento anal, o que acha de saber mais sobre peeling e ver outras áreas em que ele pode ser usado? Esperamos por você!

Quer saber mais?

Separamos uma lista de artigos científicos e matérias para você entender ainda mais sobre o clareamento anal.

Comentários