Os últimos meses foram intensos e desafiadores para os profissionais da beleza. Em meados de março, no esforço para conter a disseminação do coronavírus, governos estaduais de todo o país decretaram o fechamento de empresas consideradas não essenciais.

Com isso, as clínicas de estética também precisaram pausar suas atividades. Agora, na iminência de uma retomada mais robusta, é preciso repensar processos e reforçar os protocolos de segurança, garantindo um atendimento tranquilo e eficiente — tanto para o paciente quanto para o profissional.

A nova era da estética chegou para ficar!

Protocolos de segurança: redobre os cuidados

É importante que os profissionais da estética incorporem as recomendações de biossegurança em seu cotidiano de trabalho. E tudo começa bem antes do atendimento, viu?

É preciso, por exemplo, repensar a agenda para organizar os horários, evitando aglomerações em áreas comuns, como a sala de espera. Além disso, o álcool em gel é outro artigo indispensável na nova fase da estética: é recomendável que o produto esteja sempre disponível às pessoas.

Dentro da sala, o esteticista também deve redobrar os cuidados, seguindo as diretrizes dos órgãos de saúde a cada sessão. Certifique-se de:

  • Lavar bem as mãos e o rosto com água e sabão
  • Vestir avental, luvas e máscaras descartáveis
  • Trocar os lençóis descartáveis da maca
  • Higienizar e esterilizar os materiais utilizados no atendimento
  • Valorizar a ventilação do ambiente

É importante ressaltar, ainda, que sintomas como tosse seca, febre alta e dor de garganta devem acender o sinal de alerta. Ao sentir qualquer um deles, suspensa imediatamente a agenda e adote o isolamento. A prevenção é, sem dúvida, a maior arma contra a disseminação do coronavírus.

_____________________________________

BÔNUS

Daqui para frente, a biossegurança será a palavra de ordem da estética. Por isso, é importante que o profissional tome todos os cuidados necessários para garantir a segurança de todos os envolvidos.

O Surface UV, novidade da MMO, é um poderoso aliado na descontaminação de superfícies — objetos, utensílio, mobiliários e sapatos, por exemplo. A luz ultravioleta é eficaz contra vírus, bactérias, fungos e protozoários.

_____________________________________

Tendências da estética: explore novas possibilidades

Desde o começo do isolamento social, foi possível notar algumas mudanças significativas no comportamento das pessoas. É possível que, mesmo após o fim da pandemia, novas posturas se tornem hábitos frequentes — e isso também vale para a estética!

Os procedimentos a domicílio, por exemplo, ganham cada vez mais relevância, despontando como uma oportunidade para os esteticistas mais antenados. Mas, cuidado: para se dar bem na modalidade, você deve tomar alguns cuidados bem importantes.

A Dra. Estefânia Bernardo, que compõe o Centro Técnico da Shopfisio, alerta que “ao oferecer o atendimento home care, é essencial que o profissional entenda que está deixando o local de seu domínio e que, por isso, precisa se adaptar aos atendimentos em espaços íntimos de seus clientes, como a sala e o quarto”.

Além disso, o foco na segurança dos protocolos precisa ser redobrado, considerando que toda a família está, direta ou indiretamente, envolvida na sessão. A dica é abusar dos itens descartáveis (lençóis, máscaras e luvas, para citar apenas alguns) e apostar na descontaminação dos ambientes.

Os aparelhos portáteis também devem conquistar mais espaço, uma vez que são perfeitos para terapias home care. A boa notícia é que os equipamentos costumam ter um excelente custo-benefício e possibilitam uma gama variada de tratamentos faciais e corporais. Vale explorar e investir!

_____________________________________

BÔNUS

A ozonioterapia tem sido bastante comentada nos últimos tempos. O motivo é justo: a tecnologia é eficiente para tratar problemas circulatórios, dores articulares e inflamações, mas também promove a imunoativação geral. Em alguns casos, o ozônio é utilizado para aliviar sintomas respiratórios, já que promove a entrada de maior quantidade de oxigênio no sangue.

_____________________________________

Uma coisa é certa: a estética está mudando e os profissionais da área precisam acompanhar as evoluções do segmento. Fique atento às orientações de saúde, fortaleça suas rotinas dede biossegurança e aposte em atendimentos mais versáteis e tecnológicos.

Conte com a gente!

 

 

Comentários