Área dispõe hoje de vários métodos que permitem abordagens diferenciadas para cada paciente e doença

A fisioterapia envolve diversas formas de tratamento e prevenção de doenças que abrangem várias áreas do organismo humano. Alcança resultados na reabilitação neurológica, traumatológica e reumatológica, além de ajudar na pneumologia, cardiologia e até oncologia.

Atua também manuseando aparelhos estéticos de Alta tecnologia, como o Laser Depilatório. Na parte ortopédica, pode até eliminar a necessidade de cirurgia, quando o paciente possui uma boa avaliação fisioterapêutica. 

A profissão está em constante renovação e conta, hoje, com diversos métodos que permitem abordagem diferenciada para cada paciente e doença.

Confira nosso manual de fisioterapia, boa leitura!

Quando surgiu a fisioterapia?

Em 1951 surgiu o primeiro curso de fisioterapia no Brasil, naquela época o profissional era considerado técnico em fisioterapia e o curso durava 1 ano. Mas a profissão é antiga no Brasil, surgiu em 1929 na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Quem criou a fisioterapia?

A fisioterapia surgiu com a evolução dos seres humanos, todos possuem necessidades de intervir em quadros dolorosos desde as primeiras décadas. Hipócrates por exemplo, foi o primeiro a falar sobre a intervenção na coluna vertebral no século XIX.

Já a cinesioterapia apareceu na China Antiga e Grécia antiga, nessa época os exercícios eram usados como terapia para reabilitar as pessoas. No século XIX aproveitando o período do renascimento e a revolução industrial, surgiu a eletroterapia.

A eletroterapia era importante no séc. XIX e começou a substituir o uso de medicamentos naquela época.

Pilares da fisioterapia na reabilitação

A fisioterapia se firma em 6 pilares na reabilitação:

  1. Exercicio terapêutico
  2. Hidroterapia
  3. Fototerapia
  4. Massoterapia
  5. Eletroterapia
  6. Termoterapia

Entretanto, a fisioterapia preenche várias áreas, afinal o fisioterapeuta consegue tratar o corpo humano por completo. Existem relatos da profissão no século XX na Segunda Guerra Mundial, onde fisioterapeutas reabilitavam os ferimentos graves da guerra e ajudavam soldados que precisavam se adaptar a vida civil.

Fisioterapia na epidemia x pandemia

A fisioterapia ajudou antigamente na reabilitação de epidemias como poliomielite, durante a primeira guerra.

Mas a profissão evoluiu tanto que atualmente a fisioterapia é uma das principais profissões que tratam o novo coronavírus.

Os fisioterapeutas estão na linha de frente para combater um dos principais desafios do mundo e são os profissionais que reabilitam, entubam e tratam o sistema respiratório comprometido pelo coronavírus.

A fisioterapia na UTI e respiratória são responsáveis por administrar o VM – Ventilação Mecânica, por isso os fisioterapeutas têm um papel importante na evolução dos pacientes mais graves em pandemias e epidemias.

Especialidades da fisioterapia

O coordenador do curso de Fisioterapia da Universidade Veiga de Almeida, Silmar Silva Teixeira, explica que a diversidade de tratamentos disponíveis criam boa demanda para os fisioterapeutas. Veja o que ele disse:

“A fisioterapia está envolvida em todas as áreas da saúde, são diversas técnicas como o RPG, o Pilates e a traumatologia, o que gera um mercado promissor” – Silmar Silva Teixeira.

Conheça todas as especialidades da fisioterapia determinadas pelo COFFITO.

Acupuntura

A acupuntura pertence à medicina chinesa e compreende que através do agulhamento em pontos específicos do meridiano, a energia é reequilibrada e a inflamação é tratada, junto com sintomas como: franqueza e cansaço.

A acupuntura apesar de ser antiga ela evolui com a tecnologia, hoje é possível estimular os pontos com stipers e Lasers, isso é que chamamos de eletroacupuntura. Veja:

Atenção: procure aparelhos regulamentados pela ANVISA, não caia em falsas promessas de canetas de acupuntura importadas, prefira aparelhos regulamentados e seguros para atender seu paciente. A Shopfisio visa pela qualidade dos aparelhos de eletroacupuntura.

Formação Lato Sensu de acupuntura: 1000 horas + 500 horas práticas

Hidroterapia

Hidroterapia é uma especialidade da fisioterapia voltada para reabilitação aquática do paciente, os exercícios são feitos em piscina aquecida com 34°C.

Essa modalidade é ideal para reabilitar atletas que precisam se recuperar rápido, pacientes com artrite e pacientes que possuem dificuldades motoras severas e que não realizam facilmente exercícios em solo.

Formação fisioterapia aquática: 360 horas

Cardiovascular

A fisioterapia cardiovascular é voltada para reabilitar pacientes e prevenir das doenças cardiovasculares. Esse fisioterapeuta consegue cuidar especialmente de pacientes pneumopatas e cardiopatas.

É uma formação flexível, pode encaixa em:

  • Hospitais
  • Home Care
  • Ambulatórios
  • UTI
  • Enfermarias

Formação fisioterapia cardiovascular: 360 horas

Dermatofuncional

A dermatofuncional é uma área muito específica da fisioterapia e se concentra nos cuidados com a pele no âmbito estético.

Alguns profissionais manuseiam equipamentos de alta tecnologia para reabilitação do paciente, equipamentos que por vezes eram somente acessíveis para médicos.

Alguns exemplos de aparelhos da dermatofuncional utilizados por fisioterapeutas são:

  • Ares
  • Antares
  • Laser de Diodo
  • Heccus Turbo

Formação dermatofuncional: 390 horas

Esportiva

A fisioterapia esportiva não pode ser confundida com a traumato-ortopédica. A especialidade esportiva ou desportiva visa trabalhar ações e movimentos do atleta para tratar e prevenir lesões. O objetivo é trabalhar o alto rendimento e desempenho do atleta.

O profissional precisa monitorar de perto o esporte e indicar métodos para evitar lesões e melhorar o rendimento. É um profissional “cobrado”, principalmente quando se trabalha em grandes times de futebol.

Os patrocinadores querem uma reabilitação rápida, porque quanto mais tempo o jogador ficar lesionado, menor a exposição para a marca dele.

Entretanto, você pode conquistar uma vaga com atletas semiprofissionais e ajuda-los a melhorar sua performance.

Existem também fisioterapeutas que possuem clínicas esportivas e que ajudam os profissionais. Esse é o caso do Thiago Fukuda, ele tem uma clínica especializada na performance na corrida de rua. Outra ideia nesse área:

Se você é atleta e cursa fisioterapia, essa é uma ideia maravilhosa, una as duas coisas que você ama (fisioterapia e esporte). Através de trabalhos de consultoria, essa área pode ser altamente lucrativa, afinal você é um especialista no esporte duas vezes!

Dr. Thays Cristina Rodrigues

Formação em esportiva: 1100 horas – Sendo 816 prática

Gerontologia

O especialista em gerontologia estuda os processos do envelhecimento e elabora estratégias para melhorar a qualidade de vida do idoso. Essa é uma área que funciona junto com um trabalho interdisciplinar e com assistência familiar.

Formação: 420 horas

Trabalho

O fisioterapeuta do trabalho ou ergonomista analisa os movimentos biomecânicos e cadeias musculares que podem gerar sobrecargas ao trabalhador.

A ergonomia é uma ciência moderna e tem métodos eficientes para ajudar na prevenção de doenças ocupacionais e na reabilitação do trabalhador. O fisioterapeuta atua como um agente facilitador do trabalho na empresa e minimiza os acionamentos ao plano de saúde e afastamentos.

Formação ergonomia: 360 horas+ 80 prática

Neurofuncional

A fisioteapia neurofuncional capacita o fisioterapeuta para cuidar de adultos e crianças que precisam se adaptar as suas atividades de vida diária e exercer independência funcional.

É comum alguns profissionais optarem pela formação isolada somente em neuropediatria, nesse caso o fisioterapeuta consegue trabalhar somente com crianças com alterações congênitas ou adquiridas.

fisioterapia

Formação fisioteapia neurofuncional: 360 horas

Respiratória

Em um programa completo de especialização como da HUUSP o fisioterapeuta respiratório consegue passar pelo hospital, UTI, enfermaria, pediatria e ambulatório. É uma área que possui um campo de atuação amplo. Esse profissional consegue reabilitar o sistema respiratório e cardiovascular dependo da formação.

Também existem outras competências clínicas do fisioterapeuta respiratório, ele é requisitado sempre em pós-operatórios, ventilação mecânica e reabilitação cardiopulmonar.

Formação em fisioterapia respiratória: 1440 horas

Traumato-ortopédica

Essa é área mais comum da fisioterapia, alguns profissionais atuam até mesmo sem formação. Mas essa especialidade na pós-graduação consegue trazer conhecimentos avançados sobre as técnicas fisioterapêuticas e elaborar o raciocínio clinico profundo do sistema musculoesquelético e biomecânica.

Algumas formações de traumato-ortopedia trazem junto enfase em terapias manuais, principalmente procedimentos de manipulação articular, esse é um diferencial na formação e realmente traz uma abordagem mais eficiente na fisioterapia, afinal elimina o “mascaramento da dor com eletroterapia” e trata a causa do problema (desordem biomecânicas).

Formação Traumato-ortopédica: 360 horas

Osteopatia

Osteopatia é uma especialização da fisioterapia que trata o paciente através de técnicas manuais manipulativas. Essa abordagem é muita eficiente, pois se fundamenta em conhecimentos da anatomia e fisiologia.

A osteopatia é uma das melhores formações que o fisioterapeuta poderá fazer, pois ela trata a origem do problema e não a queixa. Por exemplo: uma tendinite pode ser causada por uma desordem biomecânica e não por um movimento repetitivo.

Formação osteopatia: 1.500 horas

Quirorapxia

Se você gosta de manipulação, a quiropraxia é para você. Na quiropraxia o fisioterapeuta consegue ter uma formação segura e utilizar de técnicas eficientes de baixa amplitude e alta velocidade para tratar subluxações vertebrais.

fisioterapia

A carga horária mínima para formação completa é de 1500 horas e prática clínica deve representar 1/3 das aulas.

Formação quiropraxia: 1500 horas

Terapia Intensiva (UTI)

O fisioterapeuta da UTI é especializado em melhorar a capacidade respiratória do paciente, mobilizar o paciente do leito e prevenir complicações respiratórias. Dentre as principais funções na UTI esta o manuseio da ventilação mecânica.

É obrigatório por LEI ter um fisioterapeuta na terapia intensiva. Outro ponto a se considerar sobre o trabalho na UTI é o salário, esse é um campo que paga acima da média salarial do fisioterapeuta Brasil, o fisioterapeuta UTI ganha em média 4.682,00.

Formação UTI fisioterapia: 450 horas

Saúde da mulher

Embora seja uma área pouco requisitada, o fisioterapeuta de saúde da mulher pode se destacar, afinal tem menos concorrência nessa área. Saúde da mulher trata:

  • Gestantes
  • Pós de cirurgias ginecológicas
  • Pré e pós parto
  • Disfunções sexuais
  • Uroginecologia (utilizando recursos famoso como biofeedback)

Essa é uma área voltada para saúde feminina e melhora da qualidade de vida da mulher. É importante a fisioterapia na saúde da mulher porque algumas não sabem do impacto da sua saúde sexual na sua qualidade de vida, não se importam com seu bem-estar físico e não conhecem o próprio corpo.

Formação em saúde da mulher: 360 horas

Qual o salário de um fisioterapeuta?

O salário base de um fisioterapeuta é de R$ 2,2 mil e varia a partir da especialização e experiência do profissional. É claro, que existem profissionais que conseguem ganhar mais do que a média salarial, por exemplo, o fisioterapeuta da UTI ganha R$ 4.682,00.

Existem, casos de fisioterapeutas empreendedores e que se destacam através do marketing digital e ganham 5 dígitos mensais. Nosso grande exemplo é: Lu Ramos e Thiago Fukuda.

O que fazer para se destacar?

Uma boa dica para os fisioterapeutas é sempre se atualizar. A gama de informação é muito grande, o que exige que o profissional esteja sempre renovando seus conhecimentos. 

Além da graduação, é importante se especializar em alguma técnica. Alguns profissionais ficam de fora do mercado por não terem especialização em fisioterapia, esse realmente é um diferencial na área e garante empregabilidade. 

Outro ponto a ressaltar, é sobre o diferencial para seu paciente, é importante ter uma técnica para tratar por completo, por exemplo se você for da traumato-ortopedia, tenha uma técnica para:

  • Sistema Muscular (liberar pontos gatilhos, liberar fáscias e relaxar musculatura)
  • Sistema articular (Manipular e ajustar estruturas desalinhadas)
  • Sistema nervoso (Manipulação neural)
  • Raciocínio clínico (Saber qual a causa da dor e qual técnica usar)

Você fisioterapeuta deve ser completo na área que escolher, se você for da traumato-ortopedia o exemplo acima irá te ajudar. Mas isso serve para outras áreas, como: UTI, Pilates, RPG, Respiratória e etc.

Por que a fisioterapia é importante?

A fisioterapia hoje é uma ciência capaz de eleger qual procedimento, dentro dos tratamentos é necessário para seu paciente. No entanto, o fisioterapeuta pode atuar também na prevenção de doenças e lesões.

É comum as pessoas se interessarem pela prevenção de doenças, trabalho no qual o fisioterapeuta tem um lindo papel na: desportiva, gerontologia e ergonomia.

Há mais consciência da necessidade de se cuidar, prevenir e experimentar os resultados do tratamento convencional antes de avançar para a cirurgia.

Por isso, os resultados da fisioterapia quando bem executada vêm surpreendendo pacientes e médicos, principalmente nos casos de neurocirurgia e processos invasivos em joelhos, ombros e pés.

Faltam profissionais capacitados!

Ana Patrícia Orlando, 41 anos, é psicóloga e fisioterapeuta especializada em reabilitação de amputados e professora na Unisuam. Ela, atua na área há quase 20 anos e dá aulas há 10 e acha que falta profissional no ramo.

Quando comecei a dar aulas, as turmas tinham 100 alunos, hoje são no máximo 25. Não é que falte trabalho, mas as pessoas querem se formar ganhando um salário alto e acabam se deparando com outra realidade.

Trabalho emocional no paciente

No caso da formação de psicologia e fisioterapia de Ana Patrícia, vimos o quanto isso é importante. Os fisioterapeutas sabem que existem pessoas com problemas emocionais mas preferem tratar só do corpo e não da mente, esse é o caso daquele paciente que nunca tem alta da fisioterapia.

Por outro lado, pessoas estão doentes fisicamente e descobrem que nunca souberam quem eram e o que faziam com seus corpos. Nesse caso aplicamos a teoria da: “mente sã, corpo são”. Isso é totalmente aplicável na fisioterapia, o processo não pode ser robotizado, a fisioterapia tem que ser humanizada, o profissional tem que dar atenção ao paciente:

  • Escute o paciente, alguns vão até a fisioterapia só para desabafarem e eles precisam disso!
  • Aplique PNL – Programação Neurolinguística, sabia que algumas pessoas precisam de estímulos positivos para se recuperarem e PNL pode mudar hábitos destrutivos no seu paciente. Às vezes a doença está na mentalidade dele. Sabemos que existem doenças psicossomáticas, por exemplo: psoríase, possui cunho emocional também.

Quais os principais aparelhos da fisioterapia?

Se você é estudante ou fisioterapeuta sabe que um dos principais aparelhos é o ultrassom terapêutico. Mas os principais aparelhos variam de acordo com sua área, veja:

Por que cursar fisioterapia?

A relação com a profissão é como um casamento: se você amar o que faz, superará todas as adversidades que aparecerem e se manterá casado. 

Algumas pessoas entram pensando no salário e outras em simplesmente não sabem o porquê cursar fisioterapia.

Por experiência própria, digo que cursei fisioterapia porque tive contato com área e gostei, também vi referências no esporte que faziam fisioterapia e me imagina desde cedo como profissional.

Ao cursar a faculdade vi todas as especialidades, mas somente uma ganhou meu coração, ortopedia com enfase em terapia manual.

Dra. Thays Cristina Rodrigues.

É importante avaliar em qual área você deverá seguir após a faculdade de fisioterapia. Não pense que você simplesmente cursará a faculdade e saberá de tudo, a graduação dá um panorama geral da fisioterapia.

As verdadeiras habilidades profissionais você conquista nos cursos de pós, especialidades e capacitação. Esperamos que tenha gostado do texto!

Acesse o Shopfisio e confira quais produtos podem ajudar na profissão.

A Shopfisio é a maior loja virtual de fisioterapia, criada por um fisioterapeuta também. Incrível né?

cupom de 30 reais para compras no site a partir de 250.

Comentários