Fototerapia: o que é, como funciona e quais os tipos de tratamento?

A fototerapia é um tratamento para pele que pode ser utilizado desde os primeiros dias de vida quando o recém-nascido tem icterícia, até depois de adulto a fototerapia é utilizada em tratamentos como limpeza de pele, psoríase, vitiligo e etc.

São diversas indicações da fototerapia e queremos que você entenda como ela pode ajudar nos tratamentos de pele, principalmente para promover rejuvenescimento.

Confira tudo sobre esse tratamento e os aparelhos de fototerapia!

O que é fototerapia?

A fototerapia é um tratamento que usa a radiação ultravioleta para tratar doenças de pele. Essa técnica é feita somente por recomendação dermatológica e fisioterapêutica, os cuidados do tratamento são diferentes para cada doença de pele e cada tipo de pele. Por isso, a importância de profissionais capacitados para indicar esse tratamento.

Todas as formas de radiação que usam ondas eletromagnéticas podem ser compreendidas como fototerapia, como por exemplo, a radiação infravermelha, muito utilizada na fisioterapia para analgesia.

Outro exemplo é o Laser, classificado também como tratamento de fototerapia, pois faz a fotobioestimulação através de uma luz coerente, monocromática e pode tratar doenças de pele através da luz.

No entanto, dependendo do aparelho de fototerapia utilizado, o tratamento varia de acordo com o comprimento da onda. É mais comum que seja utilizado LED para radiação ultravioleta tratar a pele. É nessa forma de tratamento que iremos se concentrar mais nesse artigo.

Como funciona?

A fototerapia considera o conceito da luz para inibir ou estimular as atividades das células da pele, por isso é indicada para o tratamento dos tecidos.

Geralmente as doenças que não respondem a medicamentos e outros tratamentos são associados com a fototerapia, o médico tenta buscar uma evolução rápida para que possa aos poucos diminuir a dose do remédio.

A radiação utilizada no tratamento é UV, existem dois tipos de radiação UV:

  • UVA
  • UVB

A escolha da radiação varia de acordo com o comprimento da onda, de forma que os raios UVA possuem 400 a 320 nanômetros e UVB 290 a 200 nanômetros. Dessa forma, os tratamentos que precisam atingir a epiderme e derme são feitos com UVA, já os tratamentos que precisam atingir somente a epiderme são feitos com UVB.

Os dois raios atingem as células de queratina, pois é dessa forma que ocorre a absorção dos raios ultravioletas pelos nucleotídeos, afim de iniciar reações fotobiológicas e fotoquímicas na pele, essas são as repostas que os raios ultravioleta produzem na pele.

Isso causa:

  1. Efeito antiiflamatório
  2. Imunossupressor
  3. Efeito antiproliferativo (induz apoptose dos queratinócitos)

Quais são os tipos de fototerapia?

A fototerapia é empregada através do LED e do Laser, esses aparelhos são capazes de emitir a radiação eletromagnética no corpo, porém somente para fins terapêuticos diversos.

Cada aparelhos emite uma luz que é responsável por estimular ou inibir um tecido biológicos com base no cumprimento da onda.

Além disso, a fototerapia pode ser divida em dois tratamentos importantes, estético e terapêuticos, sendo:

  • Estético: problemas de pele, pelos, acne, estrias, celulite, rugas
  • Terapêutico: recém-nascido com icterícia, doenças de pele, manchas, vitiligo e etc.

Fototerapia em recém-nascido

fototerapia em récem-nascido - tratamento para ictericia

Alguns bebês nascem com icterícia, ficam com coloração amarela na pele e olhos, isso acontece pelo aumento da bilirrubina na corrente sanguínea. O excesso da bilirrubina pode estar associada com condições do parto ou durante a gravidez, o tratamento sugerido é a fototerapia com luz azul ou branca, essa luz é colocada a 50 cm da pele do bebê, os olhos são isolados com uma venda específica para bebê.

Esse tratamento deve ser feito para que a bilirrubina não se espalhe até cérebro e ocorra alterações graves. A fototerapia nesse caso atingi diretamente o pimento amarelo e destrói, normalmente são indicados até 2 dias de banho de luz para que o recém-nascido se recupere.

Quais são as indicações?

indicação da fototerapia

A indicação da fototerapia é para doenças de pele e pelo, como:

  • Alopecia
  • Vitiligo
  • Psoríase
  • Caspa
  • Eczema (crônico)
  • Líquen plano
  • Parapsoríase
  • Linfoma cutâneo (células T)
  • Púrpura
  • Manchas de pele e mãos
  • Rejuvenescimento da pele

Quer saber mais dos resultados clínicos da fototerapia? Separamos esse artigo para você.

Há contraindicações?

Existem contraindicações absolutas para essa terapia, ela não pode ser feita durante a gravidez, pessoas que tiveram câncer, albinismo, lúpus eritematoso, pênfigo, aumento da bilirrubina nos bebês recém-nascido por causa de problemas no fígado e rins.

Pessoas com histórico de câncer familiar também podem ser contraindicadas, outra causa que impediria o tratamento são pessoas expostas a radiação ionizantes, que tenham afaquia e catarata.

Atenção: portadores de marca-passo, tratamentos imunossupressores e que possuem melanoma, também são contraindicados. Por isso, antes de indicar esse tratamento ao paciente, ele passará por avaliação médica e fisioterapêutica. De forma que o tratamento é indicado após minuciosa investigação clínica para eliminar qualquer contraindicação da fototerapia.

A fototerapia é segura?

Tomando cuidados importantes durante a sessão a fototerapia pode ser considerada um tratamentos seguro, existem comprovações científicas da sua eficiência e os aparelhos de ultravioleta precisam ter registro na Anvisa.

No entanto, lâmpadas quando registradas como itens de iluminação podem não ter registro na Anvisa, por isso atenção. Outros aparelhos de fototerapia, como LED, precisam necessariamente de registro na Anvisa. Nunca compre aparelhos sem registro, eles não são seguros para você ou seu paciente.

Fototerapia causa câncer?

Existem alguns relatos na literatura que falam que a fototerapia pode causar câncer ou induzir, no entanto com a dosagem correta e tomando cuidados importantes durante a sessão o tratamento se apresenta seguro.

Mas, vale ressaltar que os raios ultravioletas são acumulativos na pele, então uma exposição prolongada poderia sim aumentar o risco de câncer de pele.

Como é o processo de recuperação?

A fototerapia favorece a recuperação dos tecidos, a duração da sessão varia com cada caso e a frequência sugerida costuma ser de 2 a 3 vezes na semana.

A sensação após sessão é idêntica a exposição solar, é como se o paciente tivesse se exposto ao sol. A recuperação dos tecidos começa a ser observada após 10 sessões de fototerapia, por isso é importante realizar o tratamento corretamente, afinal a radiação é acumulativa.

O paciente precisa cumprir o número de sessões sugeridos para sua indicação.

Quantas sessões fazer para se recuperar?

Onde fazer fototerapia?

A fototerapia pode ser feita na face e todo corpo, depende da indicação.

Lembre-se sempre de tomar os devidos cuidados para evitar lesões nos olhos, nunca o paciente pode olhar diretamente para radiação UV, pessoas que possuem micropigmentação, tatuagens também deve tomar cuidado para luz não despigmentar essas regiões. De preferência o profissional deve cobrir os olhos do paciente durante as sessões.

Quais são os profissionais que podem realizar?

Fisioterapeutas, dermatologistas e profissionais devidamente especializados na técnica.

Quanto custa em média?

O custo é baixo, as sessões não ultrapassam R$ 60 reais, porém o valor depende da clínica.

Quais são os melhores aparelhos de fototerapia?

Os aparelhos de fototerapia são indicados para tratamento de pele e incômodos dermatológicos, esses aparelhos que citamos abaixo são todos registrados pela Anvisa, são eficientes para qualquer tratamento clareador de manchas, rejuvenescimento, queda de cabelo, acne, enfim, são varias indicações, os mais completos e modernos que são:

Como é o antes e o depois?

Separamos um antes e depois das sessões de fototerapia em manchas de pele, fecha como os resultados são satisfatórios:

fototerapia antes e depois em manchas de pele

Por fim, esperamos que você tenha entendido sobre fototerapia e não deixe de pesquisar os melhores aparelhos no site da Shopfisio.

Tire suas dúvidas sobre o tratamento e os recursos de fototerapia pelo whatsapp, alguns aparelhos da Shop são modernos e portáteis, portanto podem ser realizados em casa, esse é o caso o Iphoton Brasil por exemplo.