Home care: o que é, tipos e quais aparelhos são indispensáveis

Você já deve ter ouvido falar do atendimento home care? Essa modalidade de atendimento na saúde é uma especialidade de fisioterapeutas, médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas e enfermeiras. Através da Resolução da Diretoria Colegiada, RDC N°11 de 22 de janeiro 2006, temos o regulamento técnico de todos os serviços que prestam atendimento domiciliar.

Porém, existem muitas dúvidas sobre home care, principalmente sobre as atribuições de cada profissional, pensando nisso, separamos todas as informações que você precisa para entender sobre home care.

Tenha uma boa leitura!

O que é home care?

O home care é um termo em inglês para “atendimento domiciliar” ou “assistência médica domiciliar“. Esse é um atendimento comum e popular para pacientes dependentes de cuidados de vida diários.

Os atendimentos home care são realizados por:

  • Fisioterapeutas
  • Médicos
  • Enfermeiros
  • Técnicos em enfermagem
  • Fonoaudiólogos 
  • Nutricionistas

Como funciona?

Existem diversas formas de atendimento home care, geralmente um enfermeiro é responsável por uma equipe multidisciplinar que atende o paciente. 

Além disso, o serviço de enfermagem pode permanecer por 12hrs até 24 hrs com o paciente, por exemplo: pacientes com respirador mecânico e que estejam entubados precisam de um atendimento mais completo por fisioterapeutas e enfermeiros, pois a complexidade do quadro é alta e os sinais vitais devem ser acompanhados de perto.

Deixamos um vídeo para você entender como funciona melhor o home care:

Quais são os tipos de home care?

O home care é dividido em segmentos:

  • Atendimento: atende as necessidades a nível ambulatorial, como medicamentos, fortalecimento e cuidados de baixa complexidade. 
  • Monitoramento: nesse segmento é feito visitas semanais para o paciente em casa, para que ele se adapte a nova rotina de vida, geralmente o coordenador do home care faz isso e os outros profissionais também.
  • Internação: esse é atendimento mais complexo que existe no home care, geralmente o paciente estará acamado há muito tempo e no estágio terminal, por isso recebe esse tipo de suporte 24 horas, que conta com maca, ventilação mecânica, monitoramento dos sinais vistais, aspiração de vias aéreas (fisioterapeuta e enfermeira), fisioterapia respiratória, apoio nutricional e acompanhamento médico.

Além disso, existe home care para cada profissional da saúde, afinal a equipe de atendimento é multidisciplinar, cada um tem um papel importante para recuperação do paciente, por isso enfermeiros, nutricionista, fisioterapeutas, médicos e fonoaudiólogos trabalham em conjunto.

Mas qual a função de cada profissional do home care? Abaixo explicamos a função de cada um!

Qual a função da enfermeira?

O enfermeiro é um profissional muito importante para o atendimento home care, atua a nível assistencial, realizando:

  • Cuidados de acordo com diagnóstico médico
  • Aplica SAE
  • Classifica o risco da saúde do paciente
  • Planeja, avalia e coordena os atendimentos home care

Além disso, existem enfermeiros que ajudam no suporte administrativo do home care, portanto não necessariamente o enfermeiro atuará no atendimento, ele pode planejar e coordenar todas as ações para melhorar a qualidade de vida do paciente.

É importante entender que as atividades extra hospitalares são baseadas na literatura e pesquisa clínica. Nenhum atendimento desenvolvido pela enfermagem é implementado sem investigação clínica e metodologia baseada em evidências.

Por isso, é importante que o profissional de enfermagem se mantenha atualizado e veja artigos científicos sobre home care. A enfermagem deve atuar de forma consciente no atendimento domiciliar, esse é um atendimento que pode variar de baixa complexidade até alta, em todos esses níveis o enfermeiro pode atuar.

Qual a função do fisioterapeuta?

O fisioterapeuta especializado em home care é essencial para que o paciente mantenha e melhore suas funções. O atendimento fisioterapêutico varia de baixa até alta complexidade, sendo que na baixa complexidade, o paciente não possui suporte de oxigênio e autonomia para algumas funções, ou seja, não precisa de ventilação mecânica.

O atendimento home care tem sido muito questionado porque o tratamento de alguns profissionais é genérico, no entanto existem fisioterapeutas competentes que fazem a avaliação completa:

  • Avaliação física: para conhecer nível da consciência do paciente, cognição, linguagem e estado afetivo.
  • Inspeção física: avaliar força muscular, tônus, deformidades, úlceras de decúbito, sondas, curativos, cor da pele e encurtamentos musculares.
  • Avaliação respiratória: essa é uma das avaliações mais importantes para o paciente home care, em todas as sessões o fisioterapeuta deve auscultar o pulmão e checar o padrão respiratório. Em casos mais complexos como de ventilação mecânica, existem ruídos adventícios, sons como: estertores, roncos e atritos no pulmão.
  • Palpação: essa é uma das melhores formas de avaliar força, amplitude e movimento do paciente, nesse momento o fisioterapeuta consegue observar se o paciente tem mobilidade, função e coordenação. Caso contrário, será necessário aplicar exercícios passivos no leito.

Após, avaliação do paciente pelo fisioterapeuta também é importante conversar com familiares, para quando o fisioterapeuta não estiver em atendimento a postura, decúbito e estímulo sensorial sejam respeitados.

Algumas orientações básicas para o paciente home care são:

  • Utilizar próteses e órteses
  • Trocar decúbito
  • Uso de colchão casca de ovo
  • Não deixar o paciente engolir catarro (paciente com problemas respiratórios)
  • Alongar
  • Fortalecer o sistema respiratórios como: shaker e respiron

O fisioterapeuta é essencial para o home care, a demanda por esses profissionais tem crescido de forma considerável.

Os atendimentos podem se estender para um nível simples como prevenir riscos e complicações, mas podem ser avançados para monitorar pacientes dependente de ventilação mecânica, nesse caso em específico, é necessário que o fisioterapeuta tenha conhecimentos avançados ou especialização em UTI, fisioterapia respiratória e cardiologia.

Qual a função da fonoaudióloga?

A fonoaudióloga ajuda o paciente com a dificuldade de deglutição, todos os atendimentos são personalizados para a necessidade e recuperação do paciente.

Por exemplo, o paciente com paralisia, AVE, AVC, demência e Alzheimer precisam de uma fonoaudiologia home care. Caso contrário, eles podem parar de comer ou mastigar. A fonoaudióloga home care também pode atuar em casos mais completos como Gastrostomia e Traqueostomia.

Qual a função da nutricionista?

A nutricionista home care adapta a dieta do paciente para que ele tenha volume adequado, hidratação e cuidados de higiene na sonda. A grande maioria dos pacientes que precisam de uma nutricionista home care estão com sondas alimentares ou ostomias, nesse caso é necessário que a nutricionista venha até a casa do paciente para prestar orientações a família sobre o processo de alimentação e administração dos alimentos pela sonda.

Pode dar comida com sonda alimentar?

Não, os alimentos só devem passar pela sonda nasogástrica para que os pedaços de alimentos não sejam aspirados pelo pulmão. A administração alimentar é fácil e pode ser feita por um familiar ou pelo enfermeiro.

Não de alimentos pela boca do paciente com sonda nasogástrica, você pode piorar o quadro dele. Se o médico indicou a alimentação por sonda é porque ela é necessária.

O nutricionista irá desenvolver uma dieta para que os alimentos sejam comprimidos e triturados para o paciente.

Quais são as vantagens do home care para profissionais e pacientes?

O atendimento a domicílio é importante para os pacientes, pois conseguem ficar em um ambiente confortável, mas também conseguem o envolvimento da família durante as sessões, digamos que esse é um atendimento mais humanizado.

Na verdade, tem que ser um atendimento humanizado as sessões de home care, principalmente para que adesão do tratamento seja aceita.

Além disso, atendimentos domiciliares reduzem o risco de internação e liberam leitos hospitalares, é importante para familiar ficar perto do paciente, mas também é importante para o profissional proporcionar os melhores cuidados para o paciente na rotina de casa. Outro beneficio do home care é eliminar o risco de infeção hospitalar.

Como escolher um bom profissional de home care?

Escolha um profissional especializado em home care e que seja cuidadoso com o paciente, é importante que atendimento a domicílio seja personalizado e humanizado. Ou seja, o paciente tem que se sentir bem atendido.

Pesquisa também por recomendações, provavelmente algum conhecido já foi atendido por um fisioterapeuta ou conhece um enfermeiro, peça para que esses profissionais possam indicar pessoas de confiança para atender na sua casa.

Quais são as melhores dicas para ser um bom profissional?

Qualquer profissional que for atender home care precisa melhorar a proximidade com o paciente para que ele se sinta a vontade e feliz no seu processo de reabilitação.

A casa do paciente é um ambiente confortável para ele, portanto aproximação é uma consequência, no entanto, o profissional pode não se sentir confortável com isso, por isso a boa ralação é desenvolvida a cada sessão entre profissional e paciente.

É preciso analisar sempre o contexto familiar para que os atendimentos sejam realizados na realidade, por exemplo, você não pode sugerir que o paciente compre uma poltrona nova se a família não possui condições financeiras, entende? Observe as informações necessárias antes de recomendações para o tratamento.

Quais são os aparelhos e produtos essenciais para a prática do home care?

Na fisioterapia existem aparelhos que são essenciais:

Conclusão

O atendimento home care deve ser individualizado para a doença e condição do paciente, outro ponto a se considerar é contexto multidisciplinar, nenhum profissional atende de forma isolada, é preciso trocar informações com a equipe e entender o quadro do paciente.

Também é importante ressaltar que o atendimento fisioterapêutico precisa de aparelhos essenciais para sessão, seja para fortalecimento ou para sistema respiratório. Sem isso os atendimentos de home care não são eficientes, ou seja, o fisioterapia precisa de aparelhos de eletroterapia, ultrassom fisioterapêutico, fortalecimento respiratório e outros que citamos aqui

Você encontra tudo o que precisa para home care na Shopfisio, confira!

Aproveite nosso cupom 30 blog para descontos!