Quem é que nunca se olhou no espelho e ficou irritado com as temidas olheiras? Pois é, isso está cada vez mais comum.

Mas, o que são essas bolsas e manchas arroxeadas ao redor dos olhos? Como fazer para vencê-las?

Para ajudar você a responder essas e outras perguntas, você verá esse guia completo sobre olheiras.

Quer saber o que precisa fazer para evitar e tratar? Então, veja agora!

O que são olheiras?

Elas nada mais são do que presença em excesso de vasos sanguíneos na região da pálpebra inferior, causando uma sombra na pele desta região, que é muito fina.

Entretanto, a olheira pode ser causada também pelo excesso no depósito de melanina ou de hemossiderina. A melanina se acumula nesta região devido a exposição excessiva ao sol, já a hemossiderina que é o pigmento que da cor ás hemácias no sangue, quando extravasada dos vasos deixa a região escurecida.

Quais são as causas para olheiras?

O maior motivo para as olheiras é o cansaço. Entretanto, ainda há outros motivos que causam esse problema:

  • alergias
  • rinite alérgica
  • dermatite atópica (eczema)
  • dermatite de contato
  • hereditariedade
  • irregularidades de pigmentação
  • coçar ou esfregar os olhos
  • exposição ao sol

Além dos motivos já elencados, o processo de envelhecimento (que é natural!) também pode causar olheiras.

Quando as pessoas ficam velhas, perdem também a gordura e o colágeno. Com isso, a pele fica mais fina, tornando os vazos sanguíneos mais proeminentes.

Mais do que isso, a tendência é que as pálpebras fiquem mais inchadas, dando a aparência de olheiras.

Quais são os tipos de olheiras?

Os principais tipos de olheiras são:

Olheiras vasculares

Tem cores próximas ao azul, roxo ou vermelho. Normalmente, são causadas pela má circulação do sangue, devido a noites mal dormidas. Outro motivo para esse tipo de olheira é possuir palpebras muito finas e claras.

Como é nesse local em que o sangue mais escuro cirucila, fica mais fácil ver os vasos que estão nessa região.

Olheiras pigmentares

As olheiras pigmentares aparecem pelo excesso de melanina (substância que dá cor a noss apele) que fica na região próxima dos olhos. Com isso, a região fica mais escura.

O tom marrom é característico desse tipo de olheira, sendo mais comum em pessoas negras.

Olheiras profundas

Aparecem pela falta de volume nas proximidades dos olhos, sendo popularmente chamadas de “olho fundo”. O principal motivo para isso é ter o globo ocular mais fundo, o que tem causa genética. Além disso, perder pelo ou envelhecer contribuem para esse processo.

Olheiras mistas

É o tipo mais comum, sendo formadas por mais de um dos tipos elencados a cima.

Se você observar inchaço ou descolaração de apenas um dos olhos, é necessário visitar o médico, especialmente se houver piora com o tempo.

Dermatites e conjutivites podem ser confundidas com olheiras. Além disso, outras doenças podem ser fundamentais para o aparecimento das olheiras, como:

  • enxaqueca;
  • problemas na glândula da tireóide;
  • acúmulo de líquidos;
  • funcionamento ruim dos rins e do fígado;
  • doenças endócrinas (como as causadas por problemas nas glândulas supra-renais);
  • problemas vasculares;
  • hepatite.

Por isso, se a olheira nunca sumir ou gerar algum tipo de incômodo, você precisa procurar um profissional.

Tratamento caseiro para olheiras funciona?

Os tratamentos caseiros podem funcionar, principalmente nos casos mais simples e sem causa adicional relacionada.

Como tratar olheiras com produtos caseiros?

Há diversas formas para eliminar olheiras, com produtos ou ações que você pode realizar em casa.

Mas, se tiver alguma dúvida ou ver que algo saiu diferente do imaginado, procure um médico imediatamente. Como você já deve saber, cada pessoa precisa de um tratamento diferente.

Dormir

Nesse caso, nem é preciso visitar o médico. Dormir é um dos principais remédios para acabar com suas olheiras. O ideal é descansar por, no mínimo, 7 a 8 horas por dia.

Usar travesseiros

Ao usar travesseiros, você ajudará no tratamento contra olheiras, já que a tendência é que o inchaço do líquido acumulado nas pálpebras diminua.

Usar compressas frias

Com compressas frias, os vasos sanguíneos se contraem, e você poderá notar em olheiras menores.

Expor-se menos ao sol.

Reduza ou elimine a exposição ao sol em seu rosto.

Hidratar a pele

Você pode encontrar diversos hidratantes para olheiras. É comum que eles tenham cafeína, babosa, ácido hialurônico, retinol e vitamina E. Você verá mais sobre eles.

Use o pepino

A ideia de que o pepino ajuda a combater olheiras é muito antiga. Muitas pessoas recomendam fatias grossas e resfriadas por, ao menos, 10 minutos. O tratamento é repetido 2 vezes por dia.

Junte Óleo de amêndoa e vitamina E

Há quem defenda a ideia de misturar óleo de amêndoa e vitamina E, passando antes de dormir de forma suave. Ao acordar, a área deve ser lavada com água fria.

Vitamina K

Um estudo de 2015 mostrou que colocar almofada com cafeína e vitamina K, diminuiu a profundidade das rugas e das olheiras. Por que não tentar isso também?

Quais são os melhores tratamentos avançados para olheiras?

Quando os tratamentos caseiros ou disponíveis nas farmácias não dão os resultados esperados, você precisará ir um passo além.

Veja agora quais são as principais opções:

Creme clareador de pele

Se for necessário clear a hiperpigmentação na parte baixa dos olhos, um dermatologista pode passar clareadores com:

  • ácido azelaico;
  • ácido kójico;
  • ácido glicólico;
  • hidroquinona.

Em alguns casos, é até possível encontrar cremes (com menos quantidade de princípio ativo) disponíveis sem receita.

Terapia a laser

Os tratamentos a laser (ou laserterapia) usam a energia térmica para fazer com que as células danificadas se vaporizem. O procedimento pode ser direcionado para os pigmentos mais escuros. Além disso, a laserterpia é útil para a formação do novo colágeno.

Peeling químico

Peeling químico leve pode ser a chave para clarear a pigmentação escura. Normalmente, isso é feito com ácidos como o (glicólico, retinóico e hidroquinona).

Também é possível usar o peeling de Jessner, uma combinação de ácido salicílico, lático e o resorcinol.

Blefaroplastia

Se o caso for de diminuir a gordura, a blefaroplastia de pálpebra pode ser uma boa solução. Com isso, pode-se notar uma diminuição na sombra projetada, o que leva a menos olheiras.

Preenchedor

Usar preenchedor à base de ácido hilalurônico no tecido (feito por oftalmogilista, cirurgião plástico, dermatologista ou outro profissional treinado) ajuda a diminuir a perda de volume.

Carboxiterapia

Com a carboxiterapia, pequenas injeções de gás carbônico são feitas para que a circulação sanguínea seja aumentada na região. Com uma melhor oxigenação, os níveis de colágeno tendem a diminuir. Assim, a pele fica mais clara e firme.

Fototerapia

A fototerapia é indicada para olheiras com coloração amarronzadas. Nesses casos, há presença de vasos. Com luz pulsada, a circulação sanguínea, que estava parada na pálpebra, é ativada.

Como evitar olheiras?

Durma de bruços

Se você observa que os olhos ficam mais inchados e escuros pela manhã, evitar que elas apareçam pode significar dormir de bruços, utilizando um travesseiro. Assim, você evitará que os fluídos fiquem acumulados.

Evite alergias

Se o seu maior problema é a alergia, aja para evitá-la. Diminua a quantidade de poeira em casa, utilize medicamentos para controle ou tome anti-histamínico para impedir que a alergia tenha mais efeitos em você.

Evite sal

Da mesma forma que o sal aumenta aumenta o inchaço em outras áreas do seu corpo, também faz na pálpebra. Isso é tudo que você não quer, não é mesmo? Alimentação saudável faz parte!

Tome muita água

A hidratação é fundamental para que você consiga diminuir o inchaço.

Evite o álcool

Bebidas alcóolicas vão na contramão da hidratação. Além disso, os momentos de bebedeira também influenciam a qualidade do seu sono.

Não fume

Deixar de fumar trará bons resultados quanto as suas olheiras. Experimente e veja!

Aumente a ingestão de vitamina C

A vitamina C é fundamental para a produção de colágeno.

Faça exercícios físicos

Os exercícios físicos melhorar a circulação sanguínea. Dessa forma, você também terá resultados nas olheiras.

Quais são as dúvidas mais comuns?

Tire suas dúvidas sobre olheiras

  • Qual a diferença entre olheira e bolsa embaixo dos olhos?

    A bolsa é uma consequência da gordura (e associada à flacidez) muscular e da pele. Nesse caso, o tratamento é uma cirurgia para retirar o excesso.

    As olheiras, por outro lado, não têm, normalmente, indicação cirúrgica.

    Comentários

  • Deixar a maquiagem de um dia para o outro pode causar olheira?

    Há aumento no risco de aparecer olheiras, se a pessoa não tirar a maquiagem. Com o tempo, o pigmento da pele pode ser destituído.

     

    Comentários

  • Antirugas e clareadores podem ser usados juntos?

    Sim, é o que indica vários dermatologistas. Entretanto, não é aconselhável que sejam utilizados em grande quantidade, uma vez que a pele no local é ressecada e fina. O creme ideal depende de consulta para avaliar idade, grau do envelhecimento e necessidade.

    Comentários

  • Quem usa óculos pode ter mais olheiras?

    Quem já tem olheiras pode ter mais, com o uso de óculos, uma vez que a pele fica protegida do sol. Assim, há menos chance de aumentar o pagmento malânico.

     

    Comentários

  • Desequilíbrio hormal pode aumentar as chances de olheiras?

    Situações de desequilíbrio, além da gravidez e do uso de pílulas anticoncepcionais podem aumentar a probabilidade de ter ácumulo de líquidos e hiperpigmentação. Dessa forma, se a pessoa já tem olheiras, pode piorar. Quem não tem, pode vir a ter.

    Comentários

  • Como você viu, muito pode ser feito para diminuir e acabar com suas olheiras. O dever de casa é ter uma vida saudável, evitando tudo que possa trazer inflamação e cansaço.

    Ouro problema comum é a existência de celulite e gordura localizada? Quer ver como também é possível vencê-los. Então, veja agora! Esperamos por você.

    Comentários