TENS e FES: o que é, diferenças, como usar e melhores opções

A eletroterapia é uma grande aliada na reabilitação e estética. Para além das técnicas tradicionais, que se valem de acessórios específicos para cada necessidade, as correntes elétricas Tens e FES auxiliam no tratamento e proporcionam resultados mais rápidos e eficientes.

As correntes TENS e FES são famosas por promover estímulos elétricos para amenizar dores e/ou ativar áreas musculoesqueléticas, acelerando a recuperação de quem enfrenta alguma desordem física.

Neste texto, você entenderá tudo sobre TENS e FES, inclusive o uso dos protocolos fisioterapêuticos. Boa leitura!

Corrente TENS

A corrente TENS é uma estimulação elétrica transcutânea, viabilizada a partir da fixação de eletrodos na região a ser tratada.

A intensidade da corrente muda conforme a disfunção do paciente e, desde que aplicada após uma avaliação clínica para saber a dosagem correta do tratamento, a corrente tens é totalmente segura. Na maior parte dos casos, não há efeitos colaterais importantes.

O que é TENS?

Com objetivo de gerar ação analgésica, a TENS atua na aplicação de impulsos elétricos que conseguem controlar o sistema nervoso. Dessa forma, substâncias são geradas que conseguem aliviar a dor e trazer maior sensação de bem-estar.

Quais são as indicações?

Geralmente é indicada para dores cervicais, lombares, de cabeça, musculares, neuropatias e recuperações pós-operatória.

Quem não deve usar?

Se você usa marcapasso, amamenta ou está grávida, não deve passar pelo procedimento.

Nós criamos um conteúdo supercompleto sobre TENS, com todos os detalhes. Confere lá!

Corrente FES

A corrente FES é um aparelho capaz de contrair um grupo muscular que esteja fraco ou paralisado. Veja em mais detalhes como funciona e para quem é indicada.

O que é FES?

A corrente FES, por sua vez, tem aplicação ligeiramente diferente. Muito embora exija a fixação de eletrodos sobre o local a ser tratado, o protocolo tem um objetivo bem diferente: provocar contrações musculares e, a partir do estímulo, tratar e reabilitar lesões musculoesqueléticas.

Para quem é indicada?

É comum que pacientes com casos neurológicos (que tenham sofrido um AVE, por exemplo) sejam recomendados à terapia com corrente FES. As sessões objetivam fortalecer os músculos, favorecer o controle motor voluntário, minimizar a espasticidade e incentivar o retorno venoso linfático.

O tratamento assim como a corrente TENS, não é invasivo e não incorre em efeitos colaterais indesejados — é principalmente indicado para:

  • Facilitação e fortalecimento muscular
  • Ganho ou manutenção de amplitude articular
  • Combate às contraturas e tecidos moles
  • Controle de espasticidade

Qual a diferença entre TENS e FES?

Tanto o TENS quanto o FES são usados em tratamentos de Fisioterapia com eletroestimulação transcutânea e funcional. Entretanto, a TENS é indicada para aliviar dores, enquanto a FES é mais usada para fortalecimento muscular.

Como TENS e FES são usados na fisioterapia?

As correntes TENS e FES são largamente utilizadas em procedimentos de fisioterapia e reabilitação. Não era para menos! Os resultados são excelentes e realmente aceleram a recuperação do paciente, maximizando a qualidade de vida do indivíduo ­­durante e após o tratamento.

Qual o número de sessões?

O número de sessões muda conforme o quadro clínico, assim como a combinação ideal de correntes. O diagnóstico profissional é, portanto, essencial para garantir a segurança e a eficiência dos protocolos.

Qual a diferença entre TENS e FES e Corrente Russa?

A corrente russa é um tratamento, como o próprio nome diz, desenvolvido na Rússia nos anos 80. A pessoa recebe estímulos capazes de contrair a musculatura e estimular a circulação sanguínea. Dessa forma, é possível diminuir a flacidez e a celulite, além de melhorar o tônus muscular da área tratada.

Quais são os equipamentos de TENS e FES mais utilizados?

  1. Neurodyn
  2. Neurodyn Portátil
  3. Combi 8 Max 

Agora que você sabe tudo que precisa sobre TENS e FES, está na hora de contar com os melhores aparelhos do mercado. Então, descubra qual é a sua necessidade e adquira o modelo mais adequado.

Para tirar todas as suas dúvidas e equipar sua clínica com os melhores aparelhos de eletroterapia, conte com nossos especialistas de plantão.